Djokovic é destaque da Sérvia no duelo com Rússia pela Davis

Campeão do Aberto da Austrália terá todas as atenções na disputa pelo torneio, entre 8 e 10 de fevereiro

EFE

30 de janeiro de 2008 | 11h57

O sérvio Novak Djokovic, recente campeão do Aberto da Austrália, é a grande atração da equipe de seu país no confronto com a Rússia, pela primeira rodada da Copa Davis, entre 8 e 10 de fevereiro em Moscou. Além de Djokovic, número três do mundo, outro destaque da convocação sérvia é Nenad Zimonic, que conquistou o título das duplas mistas no Aberto da Austrália ao lado da chinesa Tiantian Sun. Ele é o sétimo do ranking de duplas da ATP. Completam a relação Janko Tipsarevic, 42 do mundo e que deu muito trabalho ao suíço Roger Federer no Aberto da Austrália, e Victor Troicki, 116 do Ranking de Entradas. A Sérvia estréia no Grupo Mundial da competição. Já os russos, donos da casa e atuais vice-campeões da Davis, terão Marat Safin, ex-número um do mundo e atual 64.º do ranking. Ele não participou da derrota para os Estados Unidos na final do ano passado, em Portland. Os outros três jogadores chamados pelo capitão da Rússia, Shamil Tarpischev, estão em melhor posição no ranking: Nikolay Davydenko é quarto do mundo, Mikhail Youzhny aparece em oitavo e Dmitri Tursunov está no 34º lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
Novak DjokovicCopa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.