Djokovic elimina Rogério Dutra Silva no US Open

O brasileiro Rogério Dutra Silva bem que tentou resistir, mas não foi páreo para Novak Djokovic e acabou facilmente batido por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/2, em 1h39min, nesta sexta-feira. Com o resultado, o sérvio número 2 do mundo avançou à terceira rodada do US Open, último Grand Slam do calendário.

AE, Agência Estado

31 de agosto de 2012 | 16h09

Apesar da derrota, Dutra Silva deve sair satisfeito dos Estados Unidos, já que igualou sua melhor campanha no torneio, obtida em 2011, e foi o único brasileiro a passar pela primeira rodada, na qual venceu o russo Teymuraz Gabashvili. Thomaz Bellucci caiu na estreia diante do espanhol Pablo Andujar, enquanto Ricardo Mello perdeu para o esloveno Grega Zemlja.

Já Djokovic segue em busca do bicampeonato do US Open, já que ganhou o torneio em 2011. Na próxima rodada, ele vai enfrentar o vencedor do confronto entre o norte-americano Dennis Novikov e o francês Julien Benneteau, cabeça de chave número 31.

Desde o início da partida desta sexta ficou clara a superioridade técnica de Novak Djokovic. Rogério Dutra Silva até tentava variar os golpes, se movimentou bastante em quadra, mas sequer chegou a assustar o sérvio, que conseguiu duas quebras de serviço e fechou em 28 minutos.

A história se repetiu nas parciais seguintes. Por mais que o brasileiro se esforçasse, não conseguia incomodar o adversário. Do outro lado, Djokovic levava a partida em ritmo de treino, fechou o segundo set em 39 minutos e o terceiro, em 32, para confirmar a vitória.

Ainda nesta sexta, o espanhol David Ferrer também venceu em três sets o holandês Igor Sijsling, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (14/12). Cabeça de chave número 4, Ferrer jogará agora contra quem avançar da partida entre Gilles Muller, de Luxemburgo, e Lleyton Hewitt, da Austrália.

Outro cabeça de chave que garantiu sequência na competição foi Richard Gasquet. O francês, 13.º favorito, atropelou o norte-americano Bradley Klahn por 3 a 0 (6/3, 6/3 e 6/1) e na próxima rodada vai pegar outro tenista dos Estados Unidos, Steve Johnson, que passou por Ernests Gulbis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.