Andreas Solaro/AFP
Andreas Solaro/AFP

Djokovic estreia em Roma com vitória difícil sobre Almagro

Número 1 do mundo vence com parciais de 6/1, 6/7 (5/7) e 6/3

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2015 | 14h02

Atual campeão do Masters 1000 de Roma, o sérvio Novak Djokovic teve uma estreia complicada, mas conseguiu triunfar no seu primeiro jogo na edição de 2015 do torneio. Nesta terça-feira, o número 1 do mundo derrotou o espanhol Nicolás Almagro, 174º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/7 (5/7) e 6/3, em 2 horas e 1 minuto.

Após ficar de fora do Masters 1000 de Madri na semana passada, Djokovic voltou às quadras em Roma, nesta terça. E o primeiro set da partida parecia indicar que o sérvio teria uma vitória bem mais fácil. O sérvio fechou a parcial em menos de meia hora, em 6/1, depois de converter break points no quarto e sexto games.

Só que, depois disso, o duelo ficou bem mais complicado. No segundo set, Djokovic não conseguiu ameaçar o saque de Almagro, salvou a única chance de quebra do espanhol, mas acabou sendo batido no tie-break.

O terceiro set seguiu igual, sem sequer uma única chance de quebra de saque até o oitavo game, quando Djokovic converteu o único break point da parcial. Em seguida, manteve o seu saque, fechando o set em 6/3 e o jogo em 2 a 1. Além disso, fez 4 a 0 no confronto direto com Almagro.

WAWRINKA

Assim como Djokovic, o suíço Stan Wawrinka também teve dificuldades no seu jogo de estreia, mas avançou em Roma. De virada, o número 9 do mundo derrotou o argentino Juan Monaco, 36º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/2, em 2 horas e 12 minutos.

Diante de Monaco, Wawrinka chegou a estar próximo de ser eliminado, pois perdia o segundo set por 3/1, mas depois reagiu e se garantiu nas oitavas de final em Roma. O seu próximo adversário sairá do duelo entre o francês Gilles Simon e o austríaco Dominic Thiem.

Também pela segunda rodada em Roma, o sul-africano Kevin Anderson, número 16 do mundo, avançou após abrir 3/0 diante do alemão Philipp Kohlschreiber (23º colocado no ranking) e ver o seu oponente abandonar o duelo.

OUTROS JOGOS

Após avançar com o abandono do argentino Diego Schwartzman nesta terça-feira, o brasileiro Thomaz Bellucci já conhece o seu próximo adversário em Roma. Ele terá pela frente o espanhol Roberto Bautista Agut, número 19 do mundo, que venceu o compatriota Marcel Granollers (54º) por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3.

Bautista Agut lidera o confronto direto por 2 a 1 - Bellucci acumula outro triunfo, mas por W.O. Além disso, o espanhol venceu o último duelo, na edição deste ano do Torneio de Barcelona. O vencedor desse confronto será o adversário de Djokovic nas oitavas de final.

Ainda pela primeira rodada do Masters 1000 de Roma, o espanhol Feliciano López, 13º colocado no ranking, derrotou o australiano Nick Kyrgios (30º) por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4). Seu próximo adversário será o sérvio Viktor Troicki (34º), que bateu o australiano Bernard Tomic num duelo definido em três tie-breaks.

O belga David Goffin, número 20 do mundo, derrotou o italiano Andrea Arnaboldi, 212º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/2 e 6/1. Já o ucraniano Alexandr Dolgopolov (80º) passou pelo eslovaco Martin Klizan (6/4 e 6/1) e vai encarar o espanhol Guillermo García-López na segunda em Roma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.