Darko Vojinovic/AP
Darko Vojinovic/AP

Djokovic não brilha, mas supera estreia em Belgrado; Demoliner vence em duplas

Torneio é tido como "treino" para Roland Garros, e sérvio aplica 2 sets a 0 no alemão Mats Moraing

Redação, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2021 | 15h36

Em uma semana atípica em sua programação de torneios em uma temporada - esta é a anterior ao início de Roland Garros e é comum os tenistas mais bem ranqueados apenas treinarem para o Grand Slam -, o sérvio Novak Djokovic fez nesta terça-feira a sua estreia no ATP 250 de Belgrado, sua cidade natal na Sérvia. E o número 1 do mundo passou sem sustos pelo alemão Mats Moraing, 253.º colocado do ranking, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 7/6 (7/4), após 1 hora e 40 minutos.

Já classificado às quartas de final do torneio, o principal favorito ao título terá pela frente o argentino Federico Coria, número 96 do mundo que entrou como "alternate", bateu o convidado da casa Marko Topo na estreia, na segunda-feira, e nesta terça venceu o uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2.

Djokovic, que vem de um vice nos Masters 1000 de Roma, na Itália, emplacou a sua 951.ª vitória na carreira e busca conquistar o título em casa que escapou no primeiro torneio, em abril, na derrota na semifinal contra o russo Aslan Karatsev.

O triunfo desta terça-feira o faz igualar o argentino Guillermo Vilas como quinto maior vencedor de partidas do circuito profissional. O quarto é o espanhol Rafael Nadal, com 1.022, e o maior ganhador é o americano Jimmy Connors, com 1.274, contra 1.243 do suíço Roger Federer.

DUPLAS

Cabeças de chave número 4, o brasileiro Marcelo Demoliner e o mexicano Santiago Gonzalez estrearam com vitória em Belgrado. Nesta terça-feira, eles levaram a melhor sobre os convidados da casa Hamad Medjedovic e Marko Tepavac por 2 sets a 1 - com parciais de 7/6 (7-0), 3/6 e 11 a 9 no match tie-break.

Nas quartas de final, Demoliner e Gonzalez terão pela frente os britânicos Luke Bambridge e Dominic Inglot, que passaram pela estreia com vitória em sets diretos para cima do espanhol Robert Carballes Baena e de Coria, fechando com o placar final de 6/3 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.