John Minchillo/AP
John Minchillo/AP

Djokovic passa fácil por Wawrinka e avança à semifinal em Cincinnati

Líder do ranking arrasa rival por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/1

Estadão Conteúdo

21 Agosto 2015 | 13h37

Novak Djokovic chegar à semifinal do Masters 1000 de Cincinnati não é nenhuma surpresa. Mas a facilidade com que o líder do ranking bateu o suíço Stan Wawrinka, número 5 do mundo, nesta sexta-feira não era esperada por ninguém. Em somente 1h03min de partida, o sérvio fez 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, e manteve-se na luta pelo título do torneio norte-americano.

Na última vez em que os dois haviam se enfrentado, Wawrinka não deu chances a Djokovic e venceu a decisão de Roland Garros. Agora, no entanto, foi o sérvio que passeou contra o suíço e justificou a hegemonia neste confronto, uma vez que venceu a 18.ª de 22 partidas entre eles.

A surpresa com a facilidade de Djokovic foi ainda maior porque o sérvio parecia longe da melhor forma em Cincinnati. Nas oitavas de final, por exemplo, ele suou para bater David Goffin em três sets. Mas Wawrinka não fez diferente e também teve muitas dificuldades contra Borna Coric e Ivo Karlovic.

Nesta quinta, Djokovic só encontrou resistência no início, quando Wawrinka equilibrou o jogo com golpes fortes do fundo da quadra. Logo, no entanto, o suíço mostrou-se frágil nos pontos decisivos e o sérvio aproveitou quebrando o saque do adversário em todas as quatro oportunidades que teve.

Com o triunfo, Djokovic continua vivo na busca por seu primeiro título em Cincinnati e agora espera para conhecer seu próximo adversário. Ele enfrentará o vencedor do duelo entre o croata Tomas Berdych, sexto do ranking da ATP, e o ucraniano Alexandr Dolgopolov, número 66 do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.