Djokovic serrou suas raquetes após perder disputa do bronze em Londres

Zagreb, 22 ago (EFE).- O sérvio Novak Djokovic serrou suas raquetes depois da sua última partida nos Jogos Olímpicos de Londres, em que perdeu a disputa do bronze para o argentino Juan Martín del Potro, revelou o presidente do Comitê Olímpico do país, o ex-jogador de basquete Vlade Divac.

EFE

22 de agosto de 2012 | 15h33

As declarações do agora dirigente esportivo foram feitas para a emissora e portal de notícias sérvio "B-92". Divac, contudo, não fez qualquer cobrança pelo resultado em Londres e destacou a dedicação de 'Djoko'. "Nunca vi alguém lutar com tanta energia pela medalha e pela Sérvia. É algo contagioso", afirmou.

O número 2 do mundo perdeu para Del Potro por 2 sets a 0, com parciais de 7-5, 6-4. Segundo Divac, uma derrota que não foi mal digerida pelo atleta. "Depois do jogo, serrou de raiva todas as raquetes".

O ex-jogador de basquete, ainda revelou que Djokovic pediu perdão ao término do confronto. "Respondi que não tinha que me pedir perdão, que ele é um campeão e que seguirá sendo sempre", afirmou Divac.

Tudo o que sabemos sobre:
Tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.