Eugene Hoshiko/AP
Eugene Hoshiko/AP

Djokovic sofre, mas supera Monfils e enfrenta Tsonga

Seu próximo adversário será outro tenista da França, Jo-Wilfried Tsonga

AE, Agência Estado

11 de outubro de 2013 | 10h01

XANGAI - Novak Djokovic sofreu para alcançar mais uma semifinal na temporada, nesta sexta-feira. O sérvio perdeu seu primeiro set no Masters 1000 de Xangai, na China, e precisou de 2h22min para superar o francês Gael Monfils por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 6/2 e 6/4. Seu próximo adversário será outro tenista da França, Jo-Wilfried Tsonga. Em seu duelo mais difícil em Xangai até agora, Djokovic teve dificuldade para superar a resistência do incansável Monfils. Conhecido por correr atrás de todas as bolas, o francês não se intimidou com o apoio maciço da torcida chinesa ao número dois do mundo e saiu na frente no placar, ao se impor no tie-break.

No segundo set, porém, Monfils caiu de rendimento no início e viu Djokovic quebrar seu serviço logo no primeiro game. O sérvio ainda faturou nova quebra para fechar o set com boa folga. Antes do fim da parcial, o francês solicitou atendimento médico em quadra, mas não teve problemas para voltar para o jogo. Sem se abater, ele voltou a endurecer a partida no terceiro set. Djokovic sofreu para quebrar o bom saque do francês e abrir vantagem na parcial até fechar o jogo com o placar de 6/4 na última parcial. O equilíbrio do jogo pode ser confirmado pelos números. O sérvio superou o rival nas bolas vencedoras (31 a 25), mas empatou nos 34 erros não forçados.

Na semifinal, Djokovic terá outro confronto complicado pela frente. Dono de um forte saque, Tsonga avançou no torneio ao derrotar o alemão Florian Mayer sem maiores dificuldades, nesta sexta, pelo placar de 6/2 e 6/3. No início do dia, em Xangai, o argentino Juan Martín del Potro também assegurou seu lugar na semifinal. Ele despachou o espanhol Nicolas Almagro por duplo 6/3. Seu próximo adversário sairá do confronto entre o também espanhol Rafael Nadal, atual número 1 do mundo, e o suíço Stanislas Wawrinka.

DUPLAS

Após eliminar Roger Federer na chave de duplas, o brasileiro Marcelo Melo fez mais uma vítima nesta sexta. Ao lado do croata Ivan Dodig, ele superou o holandês Jean Julien Rojer e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi por 7/6 (7/4) e 6/3. Na semifinal, os adversários serão a melhor dupla do mundo, formada pelos irmãos americanos Bob e Mike Bryan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.