Djokovic sofre para bater Gilles Simon na estreia em Cincinnati

Líder do ranking, sérvio precisa de duas horas e 10 minutos para superar o francês por 2 sets a 1, parciais de 6/3, 4/6 e 6/4

Estadão Conteúdo

12 de agosto de 2014 | 22h44

O sérvio Novak Djokovic parece mesmo ainda estar "enferrujado" após ganhar o título de Wimbledon, em julho, e na semana seguinte ter se casado com Jelena Ristic, com quem terá um filho nos próximos meses. Na semana passada, no Masters 1000 do Canadá, em Toronto, sofreu para ganhar na estreia e perdeu nas oitavas em uma surra do francês Jo-Wilfried Tsonga. Nesta terça-feira, em seu primeiro jogo no Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, a mesma coisa. Suou para vencer o francês Gilles Simon, já na segunda rodada do torneio.

Em 2 horas e 10 minutos, Djokovic teve que se desdobrar para derrotar o atual número 31 do mundo. Por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4, o líder do ranking da ATP avançou às oitavas de final, onde enfrentará o vencedor do duelo entre o espanhol Tommy Robredo, cabeça de chave número 16, e o norte-americano Sam Querrey.

Se Djokovic sofreu, o suíço Stan Wawrinka teve mais tranquilidade para também chegar às oitavas. Cabeça de chave número 3, o tenista da Suíça jogou bem e ganhou do alemão Benjamin Becker por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/5). Seu próximo rival será o ganhador do confronto entre o croata Marin Cilic, 14.º pré-classificado, e o espanhol Fernando Verdasco.

Em outros jogos desta terça, ainda pela primeira rodada, os classificados foram o letão Ernests Gulbis (cabeça de chave número 9), o espanhol Roberto Bautista Agut (cabeça 13), o norte-americano Steve Johnson, o francês Julien Benneteau e o italiano Andreas Seppi.

FEMININO - Na chave feminino, pelo Torneio de Cincinnati, a dinamarquesa Caroline Wozniacki não teve trabalho em sua estreia, já pela segunda rodada. Cabeça de chave número 12, a ex-número 1 do mundo ganhou da chinesa Shuai Zhang por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Nas oitavas de final, terá pela frente a vencedora do duelo entre a alemã Angelique Kerber e a russa Ekaterina Makarova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.