Alfredo Estrella|AFP
Alfredo Estrella|AFP

Djokovic supera eslovaco em dois sets na estreia no Torneio de Acapulco

Sérvio bate Martin Klizan por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4)

Estadao Conteudo

28 Fevereiro 2017 | 23h02

Convidado de última hora para jogar o Torneio de Acapulco, Novak Djokovic começou bem a sua participação no ATP 500 mexicano, disputado em quadras duras, ainda que tenha oscilado em alguns momentos do seu jogo de estreia. Nesta terça-feira, o número 2 do mundo superou o eslovaco Martin Klizan, o 62º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4), em 1 hora e 34 minutos.

Até a sua estreia em Acapulco, Djokovic só havia disputado oito jogos nesta temporada. Ele foi campeão em Doha no início do ano, mas caiu surpreendentemente para o usbeque Denis Istomin na segunda rodada do Aberto da Austrália. Sua última partida tinha sido no início de fevereiro, quando enfrentou o russo Daniel Medvedev pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis.

Djokovic, que está recém-recuperado de uma lesão no ombro e havia declinado de jogar em Dubai, tinha declarado que não voltaria às quadras antes do Masters 1000 de Indian Wells, marcado para começar em 6 de março. Agora, porém, fez a sua primeira participação no torneio mexicano.

E ele iniciou com vitória a sua campanha em Acapulco. Ainda que tenha encontrado dificuldades para confirmar o seu saque na primeira parcial - precisou salvar os quatro break points de Klizan -, conseguiu uma quebra de serviço para vencer a parcial por 6/3.

Djokovic largou no segundo set com uma quebra de saque, mas acabou perdendo o seu serviço no quarto game e depois no sexto, permitindo que o eslovaco abrisse 4/2. Só que aí o sérvio reagiu e devolveu a quebra de serviço na sequência.

Assim, a definição da parcial seguiu para o tie-break. O sérvio abriu 3/0, permitiu que o oponente igualasse o placar em 3/3, mas depois não vacilou, assegurando o triunfo com o placar de 7/4.

Com esse triunfo, Djokovic conquistou a terceira vitória em três duelos com Klizan. E o seu próximo adversário no evento mexicano vai sair do duelo entre o argentino Juan Martin del Potro e o norte-americano Frances Tiafoe.

OUTROS JOGOS

Número 8 do mundo, o croata Marin Cilic disparou 14 aces nesta terça-feira e superou o ucraniano Alexandr Dolgopolov, 60º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/0, em 1 hora e 29 minutos. Seu próximo rival em Acapulco vai ser o compatriota Borna Coric.

O italiano Paolo Lorenzi venceu o taiwanês Lu Yen-Hsun por 4/6, 6/3 e 6/4, enquanto o norte-americano Donald Young batia Bernard Tomic por 7/6 quando o australiano abandonou a quadra, lesionado.

Mais conteúdo sobre:
tênis Novak Djokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.