Mark J. Terrill/ AP
Mark J. Terrill/ AP

Djokovic toma susto no início, mas bate azarão dos EUA na estreia em Indian Wells

Número 1 do mundo, sérvio derrota norte-americano por 7/6 (7/5) e 6/2 em seu primeiro jogo desde a sua conquista no Aberto da Austrália

Redação, Estadão Conteúdo

10 de março de 2019 | 00h46

Em seu primeiro jogo desde quando superou Rafael Nadal na decisão do Aberto da Austrália, no fim de janeiro, o sérvio Novak Djokovic chegou a levar um susto no início, mas confirmou o seu favoritismo diante do azarão norte-americano Bjorn Fratangelo com uma vitória por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2, em sua estreia no Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos

O confronto, encerrado no início da madrugada deste domingo (no horário de Brasília), 10, colocou frente a frente o líder do ranking mundial e o atual 128º colocado da ATP. Isso já era o prenúncio do que deveria ser uma vitória tranquila para Djokovic, mas o tenista da casa exibiu bom desempenho no set inicial e conquistou primeiro uma quebra de saque para pressionar o sérvio.

Djokovic, entretanto, conseguiu devolver a quebra na reta final desta parcial e levou a disputa ao tie-break. No desempate, Fratangelo chegou a ter vantagem de 5/4 e dois saques na mão para liquidar o set, mas sentiu a pressão, cometeu erros e viu o favorito ganhar três pontos consecutivos para fechar em 7/5.

A partir daí, Djokovic tomou conta do jogo e foi arrasador na segunda parcial. Sem ter o seu saque ameaçado por nenhuma vez, conquistou duas quebras de serviço para liquidar o confronto com um triunfo por 6/2, após 1h29min de partida.

O duelo foi acompanhado de perto pelo norte-americano Pete Sampras, ex-tenista número 1 do mundo, que marcou presença na quadra central do Masters de Indian Wells. Ao ganhar a partida prestigiada pela lenda dos EUA, o sérvio avançou para encarar na terceira rodada da competição o alemão Philipp Kohlschreiber, que horas mais cedo surpreendeu o australiano Nick Kyrgios por duplo 6/4. Por ser o principal cabeça de chave da competição, Djokovic abriu campanha direto na segunda fase.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    tênisNovak Djokovic

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.