Frederic J. Brown/AFP
Frederic J. Brown/AFP

Djokovic vai às oitavas em Indian Wells; Melo ganha nas duplas

Sérvio faz 2 a 0 em Albert Ramos-Vinolas em dia de surpresas

Estadão Conteúdo

17 Março 2015 | 08h53

Depois da estreia tranquila, o sérvio Novak Djokovic teve mais trabalho do que esperava para vencer sua segunda partida no Masters 1000 de Indian Wells, na madrugada desta terça-feira. O número 1 do mundo não teve sossego contra o espanhol Albert Ramos-Vinolas e, após resistir às investidas do 66º do ranking, venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3.

Sem apresentar seu conhecido bom aproveitamento no saque, Djokovic teve o serviço ameaçado em cinco momentos da partida. E, em dois deles, cedeu à pressão e foi quebrado, ambos no set inicial. Irregular, registrou apenas um ace em toda a partida.

Com a dificuldade no serviço, o sérvio precisou suar em quadra em cada disputa de bola para superar o rival. Assim, abriu vantagem no primeiro set ao impor três quebras de saque e repetiu a dose uma vez na segunda parcial, garantindo a vitória em 1h25min de duelo. 

Se o saque não foi seu ponto forte nesta terça, Djokovic terá que exibir melhor aproveitamento neste fundamento em sua próxima partida. Na oitavas de final, ele vai enfrentar o norte-americano John Isner, conhecido pelo poderoso serviço.

A rodada desta madrugada contou com duas surpresas, ambas protagonizadas por australianos. Bernard Tomic eliminou o espanhol David Ferrer, oitavo cabeça de chave, por 7/5 e 6/4. Em seguida, Thanasi Kokkinakis chamou a atenção ao vencer o experiente argentino Juan Monaco por 6/2, 5/7 e 7/6 (7/5). Os dois australianos vão se enfrentar nas oitavas.

Finalizando a rodada, o espanhol Feliciano López superou o uruguaio Pablo Cuevas por 6/2, 4/6 e 6/3. Nas oitavas, ele vai duelar com o japonês Kei Nishikori, atual número cinco do mundo.

DUPLAS

Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig asseguraram vaga nas quartas de final ao vencerem a dupla americana John Isner/Sam Querrey por 2/6, 6/4 e 10/8. Na sequência, eles vão duelar com os espanhóis David Ferrer e Fernando Verdasco.

Outra dupla espanhola garantida nas quartas é a de Rafael Nadal jogando em parceria com Pablo Carreño Busta. Eles avançaram na chave ao eliminarem os compatriotas Marcel Granollers e Marc López por duplo 6/4. Eles terão pela frente os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.