Djokovic vence 40.ª seguida e avança em Roland Garros

Novak Djokovic segue imbatível. Neste sábado, o sérvio venceu o argentino Juan Martín del Potro por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6, 6/3 e 6/2, e garantiu vaga nas oitavas de final de Roland Garros. Essa foi a 40.ª vitória seguida na temporada do tenista número 2 do mundo, que ainda está invicto neste ano.

AE, Agência Estado

28 de maio de 2011 | 11h57

O jogo entre Djokovic e Del Potro foi reiniciado neste sábado depois de ter sido interrompido na última sexta-feira, por falta de luz natural, logo após o argentino empatar o confronto em 1 set a 1.

Com o triunfo deste sábado, Djokovic jogará por um lugar nas quartas de final em jogo contra o francês Richard Gasquet, que na última sexta-feira eliminou o brasileiro Thomaz Bellucci com uma vitória por 3 sets a 1.

O resultado diante de Del Potro também fez o sérvio ficar ainda mais próximo do recorde de 42 vitórias seguidas obtidas pelo norte-americano John McEnroe no início da temporada de 1984. Ao total, Djokovic contabiliza 42 triunfos seguidos, levando em consideração dois resultados positivos no final de 2010, pela Copa Davis. Contabilizando as duas vitórias do ano passado, ele já igualara anteriormente a marca de 41 consecutivas do suíço Roger Federer e do sueco Bjorn Borg, respectivamente obtidas em 2007 e 1980. O recordista geral é o espanhol Guillermo Vilas, com 46, em 1977.

Neste sábado, Djokovic voltou a mostrar a eficiência que vem marcando a sua temporada. Depois de conseguir uma quebra de saque no sexto game, ele confirmou os seus serviços para fechar a terceira parcial em 6/3. A derrota abalou o argentino, que chegou a estar perdendo por 4 a 1 no quarto set e esboçou uma reação ao conseguir quebrar o saque do sérvio uma vez. Porém, ele voltou a ter o seu serviço quebrado e acabou se tornando presa fácil para o rival no final do confronto.

Essa foi a quarta vitória de Djokovic em quatro confrontos com Del Potro, que segue em franca recuperação no circuito profissional depois de ter ficado fora de quase toda a temporada passada por causa de uma grave lesão no punho.

Em outro confronto já encerrado neste sábado em Roland Garros, o argentino Juan Ignacio Chela venceu o checo Lukas Rosol por 4 sets a 1, com 6/2, 6/4, 3/6 e 7/6 (7/5), e também avançou às oitavas de final, fase em que terá pela frente o vencedor do duelo entre o colombiano Alejandro Falla e o polonês Lukasz Kubot.

Já o francês Gilles Simon assegurou um lugar nas oitavas ao bater o norte-americano Mardy Fish por 3 sets a 0, com 6/3, 6/4 e 6/2. Com isso, ele enfrentará agora o ganhador do confronto entre o sueco Robin Soderling e o argentino Leonardo Mayer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.