Thibault Camus/AP
Thibault Camus/AP

Djokovic vence partida dura contra Hurkacz e garante 1º lugar do ranking pela sétima vez

Sérvio se classifica para a final do Masters 1000 de Paris depois de virar sobre polonês e fechar o jogo em 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/0 e 7/6(5)

Redação, Estadão Conteúdo

06 de novembro de 2021 | 13h59

A temporada ainda não acabou, mas Novak Djokovic já está garantido na primeira colocação do ranking da ATP. O sérvio venceu uma partida dura contra o polonês Hubert Hurkacz neste sábado, com parciais de 3/6, 6/0 e 7/6(5), nas semifinais do Masters 1000 de Paris, e avançou à final. Assim, assegurou a posição de número 1 do mundo pela sétima vez na carreira.

Até então, Djokovic estava empatado com o norte-americano Pete Sampras, com seis temporadas encerradas na liderança do ranking. Antes da confirmação da primeira colocação por mais um ano, ele já havia sido o melhor do mundo em 2011, 2012, 2014, 2015, 2018 e 2020. Agora, está isolado no quesito.

"Estou orgulhoso e extremamente feliz. Obviamente, esse foi um dos maiores e sempre é um dos meus maiores objetivos: tentar ser o número 1 e terminar a temporada como número 1", disse Djokovic. "Conseguir isso pela sétima vez e superar meu ídolo e modelo de infância, Pete, é incrível. Muito grato, muito abençoado por estar nesta posição", completou.

O feito foi conquistado diante de muitas complicações impostas pelo adversário deste sábado. Hurkacz fez um primeiro set muito consistente e não deu chances ao sérvio, vencendo por 6 a 3 ao salvar um break-point e fechar no segundo set-point. No set seguinte, contudo, Djokovic venceu todos os games, antes de ver o polonês voltar a dar trabalho no set final, decidido no tie-break, com vitória do número 1 do mundo. 

O título será definido contra o vencedor do duelo entre Alexander Zverev e Daniil Medvedev, no que será a 54ª final de Masters 1000 disputada por Novak Djokovic. Caso seja o campeão, ele se isolará como o maior vencedor da série. Hoje, está empatado com Rafael Nadal, cada um com 36 títulos conquistados em torneios do tipo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.