Djokovic vira sobre Isner e vai às quartas em Paris

Sérvio encontrou dificuldades para ganhar por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/1 e 6/2

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2013 | 13h22

PARIS - O sérvio Novak Djokovic encontrou dificuldades nesta quinta-feira, mas soube superá-las para garantir vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Paris, que está sendo realizado esta semana na França. O cabeça de chave número 2 saiu perdendo diante do John Isner, mas conseguiu a virada e venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/1 e 6/2, em 1h50min de partida. A verdade é que Djokovic teve dificuldade no primeiro set, no qual Isner disparou nove dos 12 aces que conseguiu na partida e impediu que o sérvio quebrasse seu serviço. No tie-break, o norte-americano, cabeça de chave número 13, seguiu firme no saque e conseguiu a vantagem necessária para fechar.

Daí em diante, no entanto, a partida mudou. Isner já não conseguia manter a consistência no saque. Pelo contrário, agora era Djokovic que disparava aces a todo momento - foram nove nos últimos dois sets, 11 no total. Com um serviço firme e mais qualidade técnica, o sérvio arrancou para a virada. Nas quartas de final, Djokovic terá pela frente outro cabeça de chave, o suíço Stanislas Wawrinka, sétimo favorito, que derrotou Nicolas Almagro. Apesar da expectativa de maior dificuldade para o sérvio, Wawrinka é um velho freguês do número 2 do mundo, tendo perdido 13 das 15 partidas já disputadas entre eles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.