Ben Stansall/AFP
Ben Stansall/AFP

Djokovic volta a vencer com facilidade e avança à terceira rodada em Wimbledon

Sérvio se classifica após vitória por 3 sets a 0 sobre o norte-americano Denis Kudla

Redação, Estadão Conteúdo

03 de julho de 2019 | 17h22

Atual campeão de Wimbledon e em busca do seu quinto troféu do Grand Slam inglês, Novak Djokovic se garantiu na terceira rodada da tradicional competição realizada em quadras de grama com a segunda vitória tranquila em sua campanha. Depois de ter estreado com um triunfo por 3 sets a 0 sobre o alemão Philipp Kohlschreiber, na última segunda-feira, o sérvio bateu o norte-americano Denis Kudla com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2, nesta quarta, em Londres.

Líder do ranking mundial, o tenista de 32 anos assim se credenciou para encarar na próxima fase o polonês Hubert Hurkacz, que em outro duelo do dia derrotou o argentino Leonardo Mayer por 3 sets a 1, de virada, com 6/7 (4/7), 6/1, 7/6 (9/7) e 6/3.

Campeão de Wimbledon em 2011, 2014, 2015 e 2018, Djokovic precisou de apenas 1h33min em quadra para liquidar Denis Kudla, que ocupa o 111º lugar no ranking da ATP. Ele aproveitou sete das 13 chances que teve de quebrar o saque do norte-americano, que converteu dois de cinco break points e ficou longe de ameaçar o favoritismo do rival.

Neste que foi o primeiro duelo entre os dois tenistas no circuito profissional, o número 1 do mundo também contabilizou 13 aces e ganhou 80% dos pontos que disputou com o seu primeiro serviço. Para completar, disparou 37 winners, contra 22 do seu adversário, que também cometeu 22 erros não forçados - o sérvio somou 18.

Antes de encarar Hurkacz, atual 48º colocado da ATP, Djokovic exibiu confiança na conquista de seu 16º título de Grand Slam após superar Kudla nesta quarta-feira. "As ambições são altas e tenho tido sorte em minha carreira de ter tantos bons resultados nos Grand Slams", disse o sérvio, que depois conteve a euforia ao destacar: "Eu tenho de pensar apenas no meu próximo desafio, dar o melhor de mim e um passo de cada vez".

WAWRINKA CAI

Campeão de três títulos de Grand Slam em sua carreira, Stan Wawrinka foi surpreendido pelo norte-americano Reilly Opelka em outro duelo realizado nesta quarta-feira pela segunda rodada de Wimbledon. Na condição de 22º cabeça de chave em Londres, o suíço acabou sendo superado por 3 sets a 2, com parciais de 7/5, 3/6, 4/6, 6/4 e 8/6.

Atual 19º colocado do ranking mundial, o experiente Wawrinka, de 34 anos, caiu diante de um rival de apenas 21 e que hoje é o 63º tenista da ATP. Com o triunfo surpreendente, o jogador dos Estados Unidos avançou para encarar o canadense Milos Raonic, 15º cabeça de chave, que nesta quarta eliminou o holandês Robin Haase com parciais de 7/6 (7/1), 7/5 e 7/6 (7/4).

O suíço foi mais um favorito a dar adeus de forma precoce ao torneio masculino de simples em Wimbledon. Na última segunda-feira, o alemão Alexander Zverev e o grego

Stefanos Tsitsipas, respectivos sexto e sétimo pré-classificados, também foram eliminados. E na última terça, o austríaco Dominic Thiem, quinto cabeça de chave, foi outro a cair na competição.

Já o sul-africano Kevin Anderson, atual vice-campeão e quarto da lista de favoritos, se garantiu na terceira rodada nesta quarta-feira ao superar o sérvio Janko Tipsarevic com parciais de 6/4, 6/7 (5/7), 6/1 e 6/4. Assim, ele se credenciou para encarar no estágio seguinte do torneio o argentino Guido Pella, que superou o italiano Andreas Seppi por 3 sets a 2, com 6/4, 4/6, 4/6, 7/5 e 6/1.

Os russos Karen Khachanov e Daniil Medvedev, o canadense Felix Auger-Aliassime, o belga David Goffin, o espanhol Roberto Bautista Agut e o francês Benoit Paire foram os outros tenistas que se classificaram à terceira rodada na condição de cabeças de chave nesta quarta-feira. Já o britânico Kyle Edmund, 30º pré-classificado, frustrou a torcida local ao ser superado pelo experiente espanhol Fernando Verdasco por 3 sets a 2, de virada, com 4/6, 4/6, 7/6 (7/3), 6/3 e 6/4, e foi eliminado.

Sem o status de cabeças de chave, o francês Ugo Humbert, o italiano Thomas Fabbiano e o checo Jiri Vesely foram os outros jogadores que avançaram à terceira fase de Wimbledon em partidas realizadas nesta quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.