Dois brasileiros avançam às oitavas em Bucaramanga

O tênis brasileiro continua dando mostras de que precisa melhorar muito para ter destaque no circuito profissional. Dos sete representantes do país no Torneio Challenger de Bucaramanga, na Colômbia, apenas dois conseguiram vencer em suas estreias e avançaram às oitavas-de-final da competição.Na terça-feira, três tenistas já haviam sido eliminados - Caio Zampieri, André Miele e Rogério Dutra Silva. Nesta quarta, somente João Souza, o Feijão, e Daniel Silva ganharam.Numa revanche da derrota na semifinal do Challenger de Iquique, no Chile, na semana passada, João Souza bateu o chileno Guillermo Hormazabal por 2 sets a 0 - com parciais de 6/4 e 6/4. Seu próximo rival será o colombiano Juan Sebastian Cabal.O paulista Daniel Silva teve mais facilidade para derrotar o equatoriano Carlos Avellan por 2 sets a 0 - parciais de 6/2 e 6/3. Nas oitavas, o adversário será o colombiano Carlos Salamanca.As duas derrotas brasileiras aconteceram com Ricardo Hocevar, cabeça-de-chave número 2 do torneio, e Eric Gomes. O primeiro foi batido pelo colombiano Michael Quintero por 2 a 0 - com parciais de 6/4 e 7/6 (7/0). O segundo perdeu para o argentino Juan Pablo Brzezicki também por 2 a 0 - com parciais de 6/4 e 7/5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.