Eric Vidal/Reuters
Eric Vidal/Reuters

Duplistas brasileiros aprovam quadra rápida de duelo contra dominicanos na Davis

Confronto será iniciado nesta sexta com os dois primeiros jogos de simples

Estadão Conteúdo

30 Janeiro 2018 | 23h06

Pelo segundo dia consecutivo com a equipe completa, os tenistas do Brasil deram sequência nesta terça-feira à preparação para a estreia no Zonal Americano I da Copa Davis contra a República Dominicana, em Santo Domingo. O confronto será iniciado nesta sexta com os dois primeiros jogos de simples. O sábado abre com o duelo entre as duplas e, na sequência, estão programadas as outras duas partidas de simples.

+ Confira o noticiário completo do tênis

Desde domingo, os tenistas brasileiros de simples - Thiago Monteiro, João Sorgi e Thiago Wild - já treinam nas quadras rápidas do Club Deportivo Naco sob a supervisão do capitão João Zwetsch. Na última segunda-feira, o time ficou completo com a chegada dos duplistas Marcelo Melo e Marcelo Demoliner, que estavam disputando o Aberto da Austrália, e do técnico Daniel Melo.

Número 1 do mundo no ranking individual de duplas, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot, Marcelo Melo destacou a importância do período de adaptação e aprovou as condições em Santo Domingo. "Está indo tudo muito bem, chegamos agora e a cada dia que passa a adaptação fica melhor ainda. Por isso chegamos antes. A quadra está muito boa, a bola também, bem rápidas, da maneira como eu gosto, acho que essas condições serão benéficas para a equipe também", avaliou o mineiro, que fez questão de ressaltar a sua disponibilidade para jogar a Davis. "Mais uma vez, estou muito feliz de poder estar aqui representando o país em mais uma Copa Davis, que é uma competição muito especial e que tem prioridade no meu calendário", completou.

Desta vez, Marcelo Melo terá como parceiro o gaúcho Marcelo Demoliner, número 43 no ranking de duplas, que fará a sua estreia na Copa Davis. "A quadra está bastante rápida, eu gosto de piso rápido, o Marcelo também, os meninos também estão se acostumando com a superfície. Acho que está tudo certo, estamos treinando legal, nos adaptando bem, estou bem empolgado de jogar minha primeira Davis. Espero fazer um grande jogo, conquistar uma vitória e ajudar o time a ganhar o confronto", projetou.

Mais conteúdo sobre:
tênis Marcelo Melo Copa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.