DGW Comunicação|Divulgação
DGW Comunicação|Divulgação

Dutra Silva perde chances e cai na estreia no Brasil Open para italiano

Brasileiro é derrotado pelo Alessandro Giannessi por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3)

Estadao Conteudo

28 Fevereiro 2017 | 16h34

Não foi além da estreia a participação de Rogério Dutra Silva no Brasil Open, ATP 250 realizado em quadras de saibro em São Paulo, no Clube Pinheiros. Nesta terça-feira, o número 84 do mundo foi eliminado ao perder para o italiano Alessandro Giannessi, o 127º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 48 minutos.

A derrota para Giannessi foi a segunda de Dutra Silva neste giro sul-americano de saibro do circuito mundial, repetindo o resultado do encontro entre eles no Torneio de Buenos Aires. Agora, o algoz do brasileiro terá pela frente um compatriota - Marco Cecchinato ou Fabio Fognini - nas oitavas de final do Brasil Open.

Nesta terça-feira, Dutra Silva pecou nos momentos decisivos da partida, a ponto de ter incríveis 17 break points, só aproveitando dois. Foram sete no primeiro set, sendo que ele não converteu nenhum, enquanto Giannessi aproveitou um, no décimo game, para fechar a parcial em 6/4.

No segundo set, Dutra Silva abriu 3/0, com duas quebras de serviço, mas depois perdeu seis games consecutivos, sendo batido por 6/3. Assim, sofreu a sua quinta derrota consecutiva no circuito da ATP - depois de perder na segunda rodada do Aberto da Austrália, caiu na estreia de quatro eventos na América do Sul - além do Rio Open e do Brasil Open, também perdeu em Quito e em Buenos Aires.

Também nesta terça-feira no ATP paulistano, os argentinos Federico Delbonis e Facundo Bagnis venceram seus jogos de estreia, assim como o austríaco Gerald Melzer.

Mais conteúdo sobre:
tênis Brasil Open

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.