Dutra Silva perde na despedida brasileira da Davis

Com a perda da vaga no Grupo Mundial já sacramentada, o Brasil se despediu do playoff da Copa Davis com nova derrota neste domingo, em Neu-Ulm. Rogério Dutra Silva caiu diante de Florian Mayer por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e terminou de forma melancólica a participação do País no torneio - lembrando que com os duelos em melhor de cinco jogos já decididos as partidas passam a ser disputadas em melhor de três sets.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2013 | 13h37

O resultado fez com que a Alemanha despachasse o Brasil por 4 a 1, sacramentando a queda brasileira do Grupo Mundial. No ano que vem, o País terá que disputar o Zonal Americano na esperança de voltar à elite do tênis em 2015.

Foi a segunda derrota de Dutra Silva no confronto contra os alemães, sendo que na sexta-feira ele caiu diante de Philipp Kohlschreiber por 3 sets a 0. Thomaz Bellucci também perdeu as duas partidas que disputou - para Mayer e Daniel Brands - e a única vitória brasileira acabou sendo nas duplas, com Marcelo Melo e Bruno Soares.

Já desanimado e sem a possibilidade de mudar o ritmo do confronto, Dutra Silva, número 127 do mundo, não foi páreo para Mayer, 44.º do ranking. O próprio alemão também não demonstrava muito ímpeto, já que a vitória de seu país estava garantida, e, com isso, fez apenas o suficiente para alcançar a vitória.

BÉLGICA X ISRAEL - Por outro lado, Bélgica e Israel fizeram um quinto jogo importantíssimo neste domingo, com a vaga no Grupo Mundial em jogo. E atuando em casa, os belgas garantiram-se na elite do tênis graças à vitória de Steve Darcis sobre Amir Weintraub por 3 sets a 0, com triplo 6/2, que confirmou a vitória no confronto melhor de cinco por 3 a 2, de virada, já que os israelenses venciam por 2 a 1.

OUTROS RESULTADOS - Mesmo com o espanhol Rafael Nadal poupado neste último dia, a Espanha, que já tinha a vitória assegurada sobre a Ucrânia, triunfou em seus últimos dois jogos com Marc Lopez e Fernando Verdasco, selando o placar de 5 a 0. Com o mesmo resultado, a Holanda fechou o confronto diante da Áustria. Já a Austrália fez 4 a 1 sobre a Polônia, mesmo resultado dos triunfos da Grã-Bretanha sobre a Croácia e da Suíça sobre o Equador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.