Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Elena Dementieva anuncia aposentadoria do tênis, aos 29 anos

'É muito emocionante. É difícil dizer adeus', discursou a russa, após derrota em Doha

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 15h33

A russa Elena Dementieva surpreendeu o mundo do tênis ao anunciar nesta sexta-feira, após a sua derrota para a italiana Francesca Schiavone no Masters da WTA, a sua aposentadoria, aos 29 anos. "Este ano, em Doha, foi muito especial para mim porque foi meu último torneio", afirmou.

Dementieva, que se profissionalizou em 1998, faturou o título mais importante da sua carreira em 2008, quando conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim ao derrotar a compatriota Dinara Safina na final. Além disso, para de jogar com dois vice-campeonatos de torneios do Grand Slam. Ela perdeu as decisões de Roland Garros e do US Open em 2004.

O terceiro lugar alcançado no ranking da WTA no dia 6 de abril de 2009 foi a melhor posição da sua carreira. Apesar de ter se classificado para o Masters da WTA, Dementieva teve uma temporada apenas regular, com dois títulos, conquistados em Sydney e em Paris. "É muito emocionante. É difícil dizer adeus", afirmou, em Doha, após a derrota para Schiavone.

"Obrigado a todas as jogadoras pelas experiências incríveis, todos os anos que passei na quadra com vocês. E obrigado a todas as pessoas ao redor do mundo que me apoiaram, e meu fã-clube, eu podia sentir seu apoio, não importa onde eu estava no mundo. Obrigado pela sua devoção", agradeceu.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisElena Dementievaaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.