Hugo Avila/AP
Hugo Avila/AP

Em Acapulco, Andy Murray joga primeira semifinal após cirurgia

Britânico avança ao derrotar o francês Gilles Simon

Agência Estado

28 de fevereiro de 2014 | 09h53

ACAPULCO - O britânico Andy Murray enfim vai disputar uma semifinal após se recuperar de uma cirurgia nas costas, realizada em setembro e que o deixou afastado das quadras na reta final da temporada 2013 do tênis. Na noite de quinta-feira, o número 7 do mundo ficou a um passo da decisão do Torneio de Acapulco, ATP 500 disputado em quadras rápidas no México, ao derrotar o francês Gilles Simon, 23º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/6 (7/4) e 6/2, em 2 horas e 34 minutos.

Murray esteve muito próximo de ser eliminado, pois perdia o segundo set por 5/3, mas reagiu para avançar em Acapulco. Assim, se garantiu nas semifinais do Torneio de Acapulco e fez 12 a 1 no confronto direto com Simon.

Agora, o britânico tentará se classificar para a sua primeira decisão desde a última edição de Wimbledon, vencida por ele. Para isso, terá que superar o búlgaro Grigor Dimitrov. O número 22 do mundo se garantiu nas semifinais em Acapulco ao vencer o letão Ernests Gulbis, 18º colocado no ranking e que vinha embalado pelo título do Torneio de Marselha, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7/2) e 7/5, em 2 horas e 39 minutos.

Já o espanhol David Ferrer abandonou o Torneio de Acapulco por causa de uma lesão na virilha. O número 4 do mundo venceu o primeiro set contra o sul-africano Kevin Anderson, 21º colocado no ranking, por 6/2 e perdia o segundo por 4/2 quando optou por abandonar a partida. Ferrer era o cabeça de chave número 1 do Torneio de Acapulco, onde foi campeão em 2010, 2011 e 2012, além de ter sido vice no ano passado.

Nas semifinais, Anderson terá pela frente o ucraniano Alxandr Dolgopolov, vice-campeão do Rio Open na semana passada. Na noite de quinta-feira, o número 38 do mundo avançou em Acapulco ao derrotar o croata Ivo Karlovic, 55º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4).

CHAVE FEMININA

As semifinais da chave feminina do Torneio de Acapulco também estão definidas. Vice-campeã do Aberto da Austrália, a eslovaca Dominika Cibulkova, número 13 do mundo, se classificou ao bater a neozelandesa Marina Erakovic, 69ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5. Agora, a número 13 do mundo vai encarar a chinesa Shuai Zhang, 50ª colocada no ranking, que venceu a croata Ajla Tomljanovic (6/1, 5/7 e 6/2).

Número 19 do mundo e semifinalista do Aberto da Austrália, a canadense Eugenie Bouchard foi eliminada ao perder para Caroline Garcia, 89ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. A francesa jogará nas semifinais com a norte-americana Christina McHale, número 70 do mundo, que venceu a estoniana Kaia Kanepi (6/1, 2/6 e 6/4).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.