Vincent Thian / AP Photo
Vincent Thian / AP Photo

Em disputa pela guarda do filho, Azarenka desiste do Aberto da Austrália

Bicampeã do torneio não pode viajar por briga judicial com o pai da criança

Estadão Conteúdo

08 Janeiro 2018 | 11h54

Ainda não será desta vez que a bielo-russa Victoria Azarenka voltará às quadras. Nesta segunda-feira, a organização do Aberto da Austrália anunciou que a ex-número 1 do mundo está fora do primeiro Grand Slam da temporada, que começa no próximo dia 15 (noite do dia 14 no horário de Brasília).

+ Wozniacki é confirmada como nº 2 do mundo e Svitolina sobe para 4º no ranking

+ Campeã de Roland Garros, Ostapenko cai na estreia em Sydney

Azarenka está no meio de uma disputa judicial com o pai do seu filho, Leo, nascido em dezembro de 2016. Ela briga pela guarda da criança e não terá como viajar à Austrália para disputar a competição.

"Infelizmente (Azarenka) ela está impedida de viajar para a Austrália neste ano", informou nesta segunda-feira o diretor da competição, Craig Tiley, em um post publicado nas redes sociais. "Este é o seu torneio favorito e ela já está planejando retornar para Melbourne no próximo ano."

Campeã do Aberto da Austrália em 2012 e em 2013, Azarenka está afastada das quadras devido ao problema desde julho, quando perdeu para a romena Simona Halep em Wimbledon. A ausência a fez despencar para a 210ª posição do ranking da WTA, o que a fez receber um convite para o Aberto da Austrália. Sua substituta será a croata Ajla Tomljanovic, número 108 do mundo.

Atual campeã do Aberto da Austrália, a norte-americana Serena Williams é outra tenista que desistiu do torneio. A também ex-número 1 do mundo teve um filho recentemente e alegou que seu ritmo ainda não está no nível adequado para competir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.