Heino Kalis/Reuters
Heino Kalis/Reuters

Em duelo de 4h40, Alemanha vence Espanha e fica a uma vitória da semi na Davis

Tim Puetz e Jan-Lennard Struff bateram Marc e Feliciano López por 3 sets a 2, com parciais de 6/3, 6/4, 3/6, 6/7 (4/7) e 7/5

Estadão Conteúdo

07 de abril de 2018 | 15h46

A Alemanha venceu a Espanha nas duplas da Copa Davis neste sábado e abriu 2 a 1 de vantagem na disputa das quartas de final. Tim Puetz e Jan-Lennard Struff superaram a batalha de 4h40 contra Marc e Feliciano López por 3 sets a 2, com parciais de 6/3, 6/4, 3/6, 6/7 (4/7) e 7/5. A disputa entre os países acontece em quadra de saibro, em Valência.

+ Leia mais notícias sobre tênis

+ Garbiñe Muguruza arrasa rival australiana e avança às semifinais em Monterrey

+ Clezar leva virada de jovem rival e Colômbia empata duelo na Davis

O time alemão agora está a uma vitória de alcançar uma vaga nas semifinais da competição. Neste domingo, Rafael Nadal, número 1 do ranking da ATP, enfrentará Alexander Zverev, o quarto do mundo. As equipes não confirmaram quem serão seus atletas em um eventual quinto jogo.

Quem vencer de Alemanha e Espanha, enfrentará o vencedor de França e Itália. Neste sábado, os franceses ficaram em vantagem de 2 a 1, em duelo que acontece no saibro de Gênova, com a vitória de Nicolas Mahut e Pierre Herbert sobre Simone Bolelli e Fabio Fognini, por 6/4, 6/3 e 6/1. Fognini e Lucas Pouille, que venceram seus jogos de simples na sexta-feira, abrem a disputa neste domingo.

A Croácia também ficou a um triunfo da semifinal na Davis. Jogando em casa, no saibro de Varazdin, a dupla croata formada por Ivan Dodig e Nikola Mektic superou a parceria do Casaquistão, Timur Khabibulin e Aleksandr Nedovyesov, por 6/7 (2/7), 6/4, 6/4 e 6/2. Agora, Marin Cilic, número 3 do mundo, enfrenta Mikhail Kukushkin, o 92º colocado da ATP, e pode garantir a vaga na semifinal.

Se passar, a Croácia será anfitriã contra Estados Unidos ou Bélgica. Os norte-americanos, que jogam em casa contra os belgas na cidade de Nashville, estão em vantagem de 2 a 0 e podem fechar a série se vencerem as duplas a partir das 18 horas. Ryan Harrison e Jack Sock, dos Estados Unidos, enfrentam os belgas Sander Gille e Joran Vliegen.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.