Jose Jordan/AFP
Jose Jordan/AFP

Em final emocionante, Andy Murray fatura título em Valência

Em uma batalha de 3 horas e 20 minutos, o britânico pôde levantar a taça com o triunfo de virada por 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2014 | 17h12

Um título para elevar ainda mais o moral para o final da temporada. Assim pode ser definida a incrível vitória do escocês Andy Murray na decisão do Torneio de Valência, na Espanha, neste domingo, 26, contra o espanhol Tommy Robredo. Em uma batalha de 3 horas e 20 minutos, o britânico pôde levantar a taça com o triunfo de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 7/6 (9/7) e 7/6 (10/8).

Campeão pela segunda vez em Valência, um torneio de nível 500 da ATP, Murray deve pular da oitava para a quinta colocação do ranking mundial, nesta segunda-feira, e está perto de garantir uma vaga no ATP Finals, competição que reúne os oito melhores tenistas da temporada em Londres, de 9 a 17 de novembro.

Em quadra, Murray teve enfrentar um corajoso Robredo, muito apoiado pela torcida local. Assim, o espanhol jogou um primeiro set praticamente perfeito. Salvou uma chance de quebra de saque no começo da parcial, quebrou o escocês uma vez e, depois de salvar mais seis break points do rival, garantiu a vitória por 6/3 em nova quebra, após 57 minutos.

No segundo set, equilíbrio total. Murray conseguiu uma quebra no primeiro game, teve chances de abrir vantagem, mas viu Robredo devolver no oitavo game para deixar tudo igual em 4 a 4. A parcial foi, então, para o tie-break e o escocês teve mais sangue frio para vencer por 9 a 7.

Como era de se esperar pelo que acontecia em quadra, o terceiro e decisivo set foi novamente pura emoção. Com uma quebra para cada lado, Robredo teve um match point com 5 a 4 no placar, mas o desperdiçou. Em mais um emocionante tie break, os dois tenistas alternaram chances para fechar o jogo e Murray foi mais feliz para ganhar por 10 a 8.

Assim, Murray voltou a bater Robredo em uma final de torneio, como fez em Shenzhen (China), e aumentou a vantagem no confronto direto - agora são cinco vitórias em sete partidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.