John Minchillo/AP
John Minchillo/AP

Em jogo de belos lances, Djokovic supera francês na estreia em Cincinnati

Sérvio derrota Benoit Paire por 2 sets a 0 após vice em Montreal

Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2015 | 20h45

Após ser vice-campeão no Masters 1000 de Montreal, semana passada, Novak Djokovic estreou com vitória em Cincinnati, nesta quarta-feira, em duelo de belos lances contra Benoit Paire. Mesmo derrotado, por 7/5 e 6/2, o francês foi o protagonista das jogadas mais aplaudidas pela torcida.

Apesar da vitória em sets diretos, o número 1 do mundo teve dificuldades para superar o rival número 42 do ranking. O sérvio chegou a sofrer duas quebras de saque no piso rápido do torneio norte-americano e, algo raro no circuito, foi coadjuvante nas disputas mais empolgantes da partida.

Paire levantou o público nas arquibancadas ao acertar duas belas bolas de efeito. Na primeira, bateu por entre as pernas, quando defendia ponto na rede, e superou Djokovic. Em outro momento, venceu ponto quando estava quase sentado na quadra, em nova disputa na rede.

O francês, contudo, não levou a melhor nos pontos mais importantes. Os lances bonitos não foram por acaso. Por arriscar mais ao longo de toda a partida, cometeu mais erros não forçados (41 contra 19). Com esta postura, desbancou o sérvio no número de bolas vencedoras: 33 a 17.

No set inicial, Paire saiu na frente ao obter a primeira quebra do jogo. Djokovic reagiu rapidamente e devolveu a quebra, empatando em 4/4. Mais sólido no fundo de quadra, o sérvio se impôs novamente no saque do rival no 12º game e garantiu a parcial.

No segundo set, Djokovic saiu na frente ao abrir 2/0. Paire não se abateu e devolveu a quebra. Mas o líder do ranking não demorou a mostrar força novamente e não demorou para obter duas novas quebras, selando a vitória em 1h40min. Nas oitavas de final, o número 1 vai enfrentar o belga David Goffin, tenista em ascensão no circuito. Nesta quarta, ele eliminou o experiente Fernando Verdasco por 6/4 e 7/6 (7/4).

Em outros confrontos desta quarta, o sul-africano Kevin Anderson venceu o local Jack Sock por 6/3 e 7/6 (9/7) e se credenciou para o duelo com o suíço Roger Federer, terceiro do ranking, nas oitavas. O espanhol Tommy Robredo bateu outro tenista da casa, Sam Querrey, por 6/1, 5/7 e 6/3. Robredo vai encarar o checo Tomas Berdych, algoz do brasileiro Thomaz Bellucci na segunda rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.