Em Miami, Roddick vence Federer pela 2a vez na carreira

Andy Roddick derrotou o número um domundo Roger Federer por 7-6, 4-6 e 6-3 nas quartas-de-final doMasters Series de Miami, na noite de quinta-feira. A vitória foi apenas a segunda de Roddick em 17 partidas nacarreira contra o suíço. O último triunfo antes de Miami haviasido cinco anos atrás, em Montreal. "Ele não perdia uma bola contra mim havia mais ou menosseis anos", disse Roddick a repórteres. "Achava que a lei daestatística um dia trabalharia a meu favor." "Acho que fui bem", disse Federer. "Talvez esse seja umdaqueles jogos que eu deveria vencer, porque em outros jogos euacho que ele deveria ter vencido. Desta vez aconteceu assim." Apesar de não ter conseguido nenhum break point até ooitavo game do terceiro set, Roddick jogou o suficiente paraabrir vantagem quando Federer jogou um forehand na rede. O norte-americano garantiu a vitória em seu terceiro matchpoint, com um saque poderoso. Roddick admitiu: "Eu estava dizendo para mim mesmo: 'porfavor, acerte um grande saque e acaba com isso. Tenho a chancede acabar com isso em dois segundos e meio'." Depois de passar um set e meio sendo dominado, Federerencontrou espaço para se recuperar e quebrou o serviço donorte-americano no nono game do segundo set, para empatar apartida em 1 set a 1. "O segundo set e o terceiro ele começou jogando muito bem",disse Roddick. "Eu simplesmente tentei permanecer na partida,seguir forte mentalmente." Roddick enfrentará na semifinal o número quatro do mundo,Nikolay Davydenko, após o russo ter vencido o sérvio JankoTipsarevic por 6-2 e 6-1. (Reportagem de Sandra Harwitt)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.