Peter Schneider/AP
Peter Schneider/AP

Em Montevidéu, Thomaz Bellucci celebra fim do jejum de vitórias

Brasileiro estreia com vitória no Torneio Challenger ao superar o colombiano Alejandro Gonzalez

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2013 | 09h37

MONTEVIDÉU, URUGUAI - A série de dez derrotas seguidas no tênis enfim chegou ao fim para Thomaz Bellucci. Na noite de segunda-feira, o brasileiro estreou com vitória no Torneio Challenger de Montevidéu ao superar o colombiano Alejandro Gonzalez, número 108 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 6 minutos. A última vitória de Bellucci havia sido no dia 9 de julho, quando ele superou o checo Lukas Rosol pela primeira rodada do Torneio de Stuttgart. Depois, ele perdeu para o romeno Victor Hanescu no ATP 250 alemão, sofreu sete derrotas em estreias de torneios e também foi batido nos dois jogos que fez pelo Brasil no duelo com a Alemanha pela repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis.

A série de derrotas levou Bellucci a despencar no ranking da ATP para apenas a 168ª colocação. E o tenista brasileiro também trocou o seu treinador, com a dispensa do argentino Daniel Orsanic e a chegada do espanhol Francisco Clavet. Assim, ele celebrou o triunfo na segunda sobre Gonzalez. "O jogo começou duro, o Gonzalez é muito sólido. Mas, no decorrer dos games fui me soltando, principalmente no forehand e consegui dominar o jogo quando tomava a iniciativa", explicou o brasileiro. Bellucci já conhece o seu próximo adversário em Montevidéu. O tenista brasileiro vai enfrentar o argentino Guido Andreozzi, número 146 do mundo, que venceu o chileno Paul Capdeville, 143º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.