Em rodada de desistências, Halep vence na estreia e escapa de Azarenka em Wuhan

A romena Simona Halep fez valer nesta terça-feira a condição de favorita em sua estreia no Torneio de Wuhan, na China. A cabeça de chave número 1 deu poucas chances à russa Anastasia Pavlyuchenkova ao ceder apenas três games na vitória contundente por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1, em apenas 1h04min de duelo.

Estadão Conteúdo

29 de setembro de 2015 | 12h45

A atual número dois do mundo dominou a partida com tranquilidade, apesar de ligeira oscilação no set inicial, quando chegou a perder o saque. Foi apenas um momento de hesitação, que não impediu seu crescimento ao longo do jogo. No segundo set, a romena teve desempenho fulminante, sem ter sequer o saque ameaçado. Com duas quebras na parcial (foram cinco no total), ela confirmou a vitória sem sobressaltos.

Sólida em quadra, Halep também contou com a sorte nesta terça. A romena escapou de um duro confronto com a bielo-russa Victoria Azarenka logo em sua segunda partida em Wuhan. A experiente tenista não resistiu a dores na perna e abandonou o confronto com a britânica Johanna Konta no começo do segundo set. Konta vencia por 6/4 e 1/0.

Apesar da eliminação da experiente rival, Halep não deve ter um confronto tranquilo contra a adversária britânica. Konta foi a sensação da chave feminina no US Open. Ela parou nas oitavas de final, deixando para trás rivais como a alemã Andrea Petkovic e a espanhola Garbiñe Muguruza.

Azarenka não foi a única a desistir nesta terça-feira. A suíça Belinda Bencic abandonou ao fim do primeiro set contra a italiana Camila Giorgi ao perder a parcial por 6/2. Vice-campeã do Torneio de Tóquio, no domingo, a tenista de 18 anos não resistiu ao desgaste das últimas semanas de disputas no circuito.

Camila Giorgi, outra promessa do tênis feminino, enfrentará na terceira rodada, equivalente às oitavas de final, a alemã Angelique Kerber. A sexta cabeça de chave estreou no torneio vencendo a sérvia Jelena Jankovic, ex-número 1 do mundo, por 6/4, 2/6 e 6/2.

Outra baixa de peso na China foi a dinamarquesa Caroline Wozniacki. Ex-líder do ranking, ela caiu diante da eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, por 1/6, 6/4 e 7/6 (8/6). Na sequência, a tenista da Eslováquia vai enfrentar a francesa Kristina Mladenovic, que avançou ao superar a norte-americana Madison Keys por 7/5, 1/6 e 6/2.

Já a checa Petra Kvitova, a sérvia Ana Ivanovic, a espanhola Garbiñe Muguruza e a italiana Roberta Vinci espantaram as zebras nesta terça. Terceira cabeça de chave, Kvitova despachou a russa Daria Gavrilova, algoz da brasileira Teliana Pereira na estreia, por 6/3, 4/6 e 7/5. Sua próxima adversária será Roberta Vinci. A vice-campeã do US Open eliminou a romena Irina-Camelia Begu por 6/4 e 6/3.

Muguruza e a compatriota Carla Suárez Navarro também venceram nesta terça. A primeira arrasou a norte-americana Sloane Stephens, por 6/2 e 6/0, enquanto Suárez Navarro derrotou a romena Monica Niculescu por 5/7, 6/3 e 6/4.

Ana Ivanovic, por sua vez, aplicou um "pneu" na americana Madison Brengle: 6/0 e 6/3. Avançaram também nesta terça a ucraniana Elina Svitolina e a americana CoCo Vandeweghe.

MARCA HISTÓRICA - Venus Williams conquistou nesta terça sua 700ª vitória na carreira ao superar a alemã Julia Görges por 6/4 e 6/3. A atleta de 35 anos se tornou a nona tenista da Era Aberta (que teve início em 1968) a alcançar tal marca. Das tenistas em atividade, ela só é superada pela irmã Serena, que tem 737. As maiores vencedoras são Martina Navratilova, com 1.442, e Chris Evert, com 1.309. Nas oitavas de final em Wuhan, Venus terá pela frente a espanhola Carla Suárez Navarro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.