Fotojump
Fotojump

Em seu 1º título desde 2016, Bellucci é campeão de duplas em challenger espanhol

Ao lado de argentino Guillermo Duran, brasileiro superou Gerard Granollers e Pedro Martinez por 2 sets a 1

Redação, Estadão Conteúdo

06 de abril de 2019 | 23h06

Ex-número 1 do tênis do Brasil e atual 225º colocado do ranking da ATP, Thomaz Bellucci conquistou neste sábado o seu primeiro título desde 2016. Ele encerrou o longo jejum de troféus ao ganhar, ao lado do argentino Guillermo Duran, o torneio de duplas do Challenger de Alicante, na Espanha.

A parceria ficou com a taça do evento do segundo escalão do circuito da ATP ao vencer na decisão os espanhóis Gerard Granollers e Pedro Martinez por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 2/6, 7/5 e 10/5, em um confronto realizado em quadra de saibro.

"Foi uma semana muito bacana para mim. Mesmo com a derrota na (chave de) simples eu consegui me motivar e jogar bem a dupla. A gente fez uma ótima semana, jogamos em um nível muito alto e ganhar um título, depois de tanto tempo, é sempre especial", comemorou Bellucci, que recentemente foi vice-campeão de duplas do Rio Open atuando ao lado do compatriota Rogério Dutra Silva.

Naquela ocasião, Bellucci decepcionou no momento mais decisivo daquela final do ATP 500 brasileiro ao cometer duas duplas faltas consecutivas que acabaram sendo determinantes para a vitória da parceria formada pelo argentino Máximo Gonzalez e o chilenos Nicolas Jarry no terceiro set.

O último título do ex-número 1 do Brasil em um torneio de simples foi conquistado em 2016, em Braunschweig, na Alemanha, e ele não avança a uma decisão atuando individualmente desde 2017, quando foi vice-campeão do ATP de Houston, nos Estados Unidos. Já o seu último troféu de campeão de uma competição de duplas havia sido obtido anteriormente em 2014, ao lado de André Sá.

Em fase decadente de sua carreira, Bellucci chegou a ocupar a 21ª posição do ranking da ATP em 2010, sendo que acumula cinco troféus na elite profissional: foi campeão em simples em Genebra (2015), Gstaad (2009 e 2012) e Santiago (2010), e em duplas em Stuttgart (2013).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.