Benoit Tessler/Reuters
Benoit Tessler/Reuters

Em sorteio, brasileiros conhecem adversários na primeira rodada do Brasil Open

Thiago Monteiro é o único tenista do País que ainda não sabe quem vai enfrentar

Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2018 | 17h58

Em sorteio realizado neste sábado, em São Paulo, três tenistas brasileiros garantidos na chave principal - Rogério Dutra Silva, Thomaz Bellucci e Thiago Wild - conheceram os seus rivais da estreia no Brasil Open, um ATP 250 que será realizado a partir desta segunda-feira em quadras de saibro no complexo do Ibirapuera.

+ Bruno Soares lamenta derrota no Rio Open, mas exalta 'boa campanha'

+ Com 'pneu', Svitolina arrasa russa e fatura o bicampeonato em Dubai

Rogério Dutra Silva, que participou da cerimônia de sorteio da chave, terá como seu primeiro adversário o norte-americano Tennys Sandgren, cabeça de chave 7, que estreia no Brasil Open. O duelo é inédito no circuito profissional e o brasileiro joga em busca da primeira vitória na temporada de 2018.

"É um jogo duro, ele fez quartas de final na Austrália, um jogo bom no Rio, é um tenista que está acostumado já a jogar indoor, que é um jogo um pouco mais rápido. Mas eu venho me sentindo bem, jogando um nível de tênis legal, um nível bacana e estão faltando as vitórias para ter um pouquinho mais de confiança e quem sabe ele não me dá essa confiança", afirmou Rogerinho.

Estreante na chave principal de um torneio ATP, o jovem Thiago Wild terá logo na estreia a experiência do argentino Carlos Berlocq como oponente para tentar surpreender. "É um cara que eu cresci vendo jogar, eu lembro que com 12 anos vim aqui, estava com o Paulo fisioterapeuta e comentei: 'esses caras jogam muito tênis, como eu faço para jogar assim?'. Cinco ou seis anos depois eu estou aqui jogando e para mim é aproveitar a oportunidade de jogar a primeira chave de ATP, entrar e fazer o meu melhor", disse o paranaense.

Em sua 11.ª participação na chave principal do Brasil Open, Thomaz Bellucci estreia contra o argentino Horacio Zeballos, com quem jogou apenas uma partida e venceu no ATP 250 de Quito em 2015. O vencedor do duelo será o primeiro adversário do francês Gael Monfils, cabeça de chave 4, na segunda rodada.

Thiago Monteiro é o único brasileiro que ainda não conhece o seu adversário, já que enfrentará um tenista vindo do qualifying. Caso consiga vencer a estreia, terá pela frente o cabeça de chave 1 do torneio, o espanhol Albert Ramos-Viñolas.

Outros dois favoritos do torneio, o italiano Fabio Fognini aguarda o vencedor entre dois qualifiers na segunda rodada da chave principal, enquanto que o uruguaio Pablo Cuevas espera o vencedor entre o italiano Marco Cechinato e um qualifier.

DUPLAS

Em seu último torneio da carreira, o mineiro André Sá jogará ao lado de Thomaz Bellucci nas duplas e enfrentará na estreia a parceria formada pelo monegasco Romain Arneodo e o croata Antonio Sancic.

André Sá defende o título conquistado no ano passado ao lado de Rogério Dutra Silva, que está do outro lado da chave ao lado do checo Roman Jebavy para enfrentar na estreia Marco Cecchinato e Albert Ramos-Viñolas.

Os franceses Gael Monfils e Dorian Descloix encaram na estreia os espanhóis Roberto Carballes Baena e Guillermo García-López, enquanto que os principais favoritos Pablo Cuevas e Horacio Zeballos terão como adversários o peruano Sergio Galdos e o argentino Guido Pella.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.