Brandon Malone/AFP
Brandon Malone/AFP

Emma Raducanu vence 'com pneu' na estreia no Aberto da Austrália; Tsitsipas avança

Campeã do US Open, britânica de apenas 19 anos bate a americana Sloane Stephens, dona do título de 2017, por 2 sets a 1

Redação, Estadão Conteúdo

18 de janeiro de 2022 | 14h04

Alvo de expectativas nos últimos meses, a britânica Emma Raducanu estreou com vitória, com direito a um "pneu", no Aberto da Austrália, nesta terça-feira. A surpreendente campeã do US Open venceu um equilibrado duelo contra a americana Sloane Stephens, campeã do mesmo Grand Slam em 2017, por 2 sets a 1, com parciais de 6/0, 2/6 e 6/1.

Foi apenas a segunda partida da tenista de 19 anos em 2022. Em Sydney, na semana passada, ela não passara da estreia. A queda precoce, os resultados abaixo do esperado no fim do ano passado e um teste positivo para a covid-19 neste mês levaram suspeita sobre o rendimento da britânica em Melbourne.

Mas a 18ª do ranking não decepcionou e garantiu lugar na segunda rodada, quando enfrentará Danka Kovinic, de Montenegro, que venceu na estreia a sul-coreana Su Jeong Jang por 6/3, 2/6 e 6/4. Se confirmar o favoritismo, Raducanu poderá cruzar com a brasileira Beatriz Haddad Maia na terceira rodada - Bia terá um desafio complicado pela frente, diante da romena Simona Halep.

"Acho que o placar não reflete o que foi o jogo. Eu só estava focada em colocar todas as bolas dentro da quadra", comentou a britânica. "Tanto eu quanto a Sloane demos o melhor de nós mesmas aqui em quadra. Sabia que seria uma primeira rodada dura. Foi uma partida de alto nível, com ralis muito longos, e estou muito feliz por ter vencido uma grande campeã como ela."

Raducanu conquistou apenas a terceira vitória em sete jogos após o surpreendente título em Nova York, em 2021. Ela ainda não passou das quartas de final em outros torneios desde a grande conquista. No US Open, ela venceu dez partidas consecutivas para chegar ao troféu e se tornar a primeira tenista da história a faturar o título vindo do qualifying.

Pela chave masculina, a programação desta terça foi encerrada com um triunfo do grego Stefanos Tsitsipas. O quarto cabeça de chave, um dos candidatos ao título, superou o sueco Mikael Ymer por 6/2, 6/4 e 6/3.

O tenista da Grécia é o atual vice-campeão de Roland Garros e tem como melhor resultado na Austrália a semifinal do ano passado. Na segunda rodada, ele vai enfrentar o argentino Sebastian Baez, atual 88º do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.