Escalada pela Suíça na Fed Cup, Hingis voltará a jogar simples após 8 anos

Ex-líder do ranking mundial e dona de cinco títulos de Grand Slam, Martina Hingis fará neste sábado o seu primeiro jogo competitivo de simples desde 2007. Atualmente disputando apenas torneios de duplas no circuito profissional, a tenista foi escalada nesta sexta-feira para encarar Agnieszka Radwanska no primeiro jogo do confronto entre Suíça e Polônia, em Zielona Gora (POL), pelos playoffs do Grupo Mundial da Fed Cup, a versão feminina da Copa Davis.

Estadão Conteúdo

17 de abril de 2015 | 11h40

Inicialmente, Hingis tinha sua presença esperada apenas nas duplas em sua primeira Fed Cup em 17 anos. Entretanto, ela se colocou à disposição para voltar a atuar em partidas de simples para ter chances de disputar os Jogos Olímpicos do Rio. Para cumprir regra da Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês), a suíça terá de mudar a sua rotina de duplista e assim se tornar elegível para a grande competição olímpica que será realizada em 2016.

Aos 34 anos, Hingis hoje sequer tem posição no ranking de simples da WTA, mas também foi pré-escalada para jogar por duas vezes também no domingo, contra Urszula Radwanska, em simples, e ao lado de Timea Bacsinszky em duplas. Assim, o capitão suíço Heinz Guenthardt abriu mão de escalar Romina Oprandi, atual 129ª tenista do mundo e número 2 do seu país, neste confronto diante das polonesas.

Depois de ter se aposentado pela segunda vez em 2007, Hingis disputou partidas de simples apenas em jogos de exibição. Porém, voltou ao circuito profissional com sucesso nas duplas, figurando atualmente como quarta tenista do mundo no ranking de parcerias da WTA.

SERENA - Também nesta sexta-feira, Serena Williams, líder do ranking mundial, foi escalada para abrir o confronto que os Estados Unidos farão com a Itália neste final de semana, em Brindisi (ITA), também pelos playoffs da Fed Cup. Ela terá pela frente Calma Giorgi, que a número 3 do seu país no duelo, mas que atravessa boa fase.

Mesmo assim, o capitão italiano Corrado Barazzutti surpreendeu ao abrir mão de utilizar Flavia Pennetta neste duelo diante de Serena. Após Giorgi desafiar o favoritismo da norte-americana, Sara Errani, 15ª do ranking mundial, irá encarar Lauren Davis no segundo jogo desta série melhor de cinco partidas entre os dois países.

No domingo, por sua vez, Serena está escalada para encarar Errani, enquanto Giorgi pegará Lauren Davis, antes de ocorrer o derradeiro duelo de duplas que fechará o onfronto entre os dois países.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisFed CupMartina Hingis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.