Espanhol Rafael Nadal espera apagar decepção do ATP Finals de 2009

'Farei o meu melhor para mudar a situação neste ano', declarou o atual líder do ranking

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 18h04

Sang Tan/AP

Roddick (e), Berdych, Djokovic, Nadal, Federer, Soderling, Murray e Ferrer

LONDRES - Embalado por uma brilhante temporada, o espanhol Rafael Nadal afirmou nesta sexta-feira que está pronto para superar a decepção do ATP Finals de 2009 e brigar pelo título deste ano, a partir deste domingo, na Arena O2, em Londres. Na temporada passada, o número 1 do mundo perdeu as três partidas da fase de grupos e desapontou a torcida inglesa na competição que reúne os oito melhores tenistas do ano.

"Farei o meu melhor para mudar a situação neste ano", declarou o atual líder do ranking. "[A decepção] pode acontecer de novo. Espero que não, mas estarei jogando contra os melhores jogadores do mundo no período mais difícil do ano para mim", ponderou Nadal, campeão de Roland Garros, Wimbledon e US Open em 2010.

Mesmo vivendo grande fase no circuito, o espanhol acredita que precisará jogar seu melhor tênis em Londres para obter vitórias no piso rápido do ATP Finals. "Se eu não jogar meu melhor tênis, será quase impossível vencer alguma partida nesta superfície. Quando é no saibro, eu ganho mais tempo e tenho mais chances. Aqui é muito difícil", comparou o especialista na terra batida.

"A superfície daqui não é muito lenta, nem muito rápida. O problema para mim é o quique da bola. Às vezes parece que a bola está ''morta''. Para mim, é mais fácil jogar quando a bola tem um quique maior, mas estas são as condições aqui", avaliou Nadal, conformado.

Apesar das restrições, o espanhol acredita que jogará melhor do que em 2009 em Londres. "Eu não estava jogando bem no ano passado, mas eu treinei bastante todos os dias, com o objetivo de mudar a situação. E, finalmente, consegui [neste ano]", comentou o líder do ranking, que faturou sete títulos neste ano, três deles de Grand Slam.

Nadal fará sua estreia no ATP Finals na segunda-feira, diante do americano Andy Roddick, pelo Grupo A. O espanhol também enfrentará o sérvio Novak Djokovic, a quem venceu na final do US Open, e o checo Tomas Berdych na fase de grupos.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisATP FinalsRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.