Estrela de Rafael Nadal brilha em outra galáxia

A carreira maravilhosa do tenistaRafael Nadal atingiu as alturas nesta semana, quando umasteróide foi batizado em homenagem ao espanhol depois de suavitória épica na final de Wimbledon. O pedido para dar a um pedaço de rocha o nome do homemresponsável por colocar fim ao reinado de cinco anos de RogerFederer em Wimbledon partiu de um observatório astronômico dailha de Mallorca, onde Nadal nasceu, e foi aprovado pela UniãoAstronômica Internacional. Os observadores de estrelas podem encontrar o asteróideNadal entre Marte e Júpiter, e o próprio jogador, de 22 anos,foi convidado para comparecer ao observatório de Mallorca paraver seu homônimo no espaço. Segundo o site da Associação de Tenistas Profissionais(ATP), o asteróide foi descoberto cinco anos atrás, pouco antesde Nadal surgir em cena. A formação rochosa possui 4quilômetros de diâmetro e desloca-se no espaço a 20 quilômetrospor segundo. O Observatório Astronômico de Mallorca disse que a nomeaçãodo asteróide representava uma homenagem a "um dos maiorestenistas de todos os tempos." No domingo passado, Nadal derrotou Federer depois de cincosets, em uma das partidas mais emocionantes da história. O tenista espanhol, quatro vezes campeão do Aberto daFrança, está de olho agora na medalha de ouro dos JogosOlímpicos de Pequim. (Reportagem de Martyn Herman)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.