EUA vencem a Alemanha e avançam para encarar checas na semifinal da Fed Cup

Em confronto encerrado apenas na noite deste domingo em Maui, os Estados Unidos fecharam em 3 a 0 o confronto que travaram em casa contra a Alemanha pelas quartas de final da Fed Cup, espécie de versão feminina da Copa Davis.

Estadão Conteúdo

12 Fevereiro 2017 | 21h38

O confronto entre os países, iniciado no sábado, preciso ser interrompido por motivo de chuva quando a norte-americana CoCo Vandeweghe vencia Julia Goerges por 6/3 e 3/1. Entretanto, a cerca de meia hora antes do início do recomeço deste duelo neste domingo, a tenista alemã desistiu de entrar em quadra por causa de uma lesão no joelho esquerdo, sofrida justamente durante o duelo de sábado.

Com a desistência da jogadora, os Estados Unidos abriram 2 a 0 na série melhor de cinco jogos do confronto entre os países, pois no primeiro confronto de sábado Alison Riske derrotou Andrea Petkovic por 2 sets a 0, com 7/6 (12/10) e 6/2.

Assim, as norte-americanas ficaram dependendo de apenas mais uma vitória nos três confrontos seguintes. E ela veio já no primeiro deles, com Coco Vandeweghe passando por Petkovic por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/4 e 6/0.

Com isso, os Estados Unidos se credenciaram para enfrentar nas semifinais a República Checa, que horas mais cedo levaram a melhor sobre a Espanha, por 3 a 2, em embate encerrado neste domingo em Ostrava (RCH).

Mais conteúdo sobre:
tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.