Saeed Kahn/AFP
Saeed Kahn/AFP

Ex-líderes do ranking da WTA, Pliskova e Kerber avançam à final em Eastbourne

Torneio serve de preparação para Wimbledon

Redação, Estadão Conteúdo

28 de junho de 2019 | 13h46

A decisão do Torneio de Eastbourne, disputado em quadras de grama na Inglaterra e que serve de preparação para Wimbledon - terceiro Grand Slam da temporada com início previsto para esta segunda-feira -, terá duas ex-líderes do ranking da WTA em ação. Cabeça de chave número 2 e terceira do mundo, a checa Karolina Pliskova desafiará a alemã Angelique Kerber, quarta pré-classificada e dona do quinto ponto na lista mundial. Será a quinta vez que elas se enfrentam em uma final.

Sem precisar entrar em quadra, Kerber avançou à decisão graças à desistência da tunisiana Ons Jabeur por conta de uma lesão no tornozelo. "Machuquei na partida de ontem (quinta-feira) contra Alizé (Cornet) e infelizmente tive que desistir. Espero me recuperar a tempo de jogar em Wimbledon", explicou a tenista africana, atual número 62 do mundo.

Na outra semifinal, Pliskova dominou as ações contra a holandesa Kiki Bertens, quarta colocada do ranking da WTA, e precisou de somente 56 minutos para derrotar a cabeça de chave 3 em Eastbourne com a tranquila vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2.

"Acho que estou jogando muito melhor do que no ano passado. Consegui colocar Bertens sempre sob pressão e fui bastante ofensiva, mesmo quando ela estava no saque", analisou Pliskova, logo após a vitória, ainda em quadra, que agora tentará superar o retrospecto negativo contra Kerber na final.

Em 11 confrontos pelo circuito profissional, a checa venceu apenas quatro e sofreu sete derrotas. As duas não se enfrentam desde 2018, ano em que cada uma anotou uma vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.