Kena Betancur/AFP
Kena Betancur/AFP

Ex-número 1 do mundo, Kerber perde para eslovaca e cai na 3ª rodada do US Open

Alemã é eliminada com derrota por 2 sets a 1 por Dominika Cibulkova

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2018 | 20h14

O US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada, perdeu neste sábado mais uma favorita ao título na chave de simples feminina. Ex-número 1 do mundo e atual quarta colocada do ranking da WTA, a alemã Angelique Kerber foi eliminada na terceira rodada pela experiente eslocava Dominika Cibulkova, que a derrotou com a vitória de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/3 e 6/3, em 2 horas e 13 minutos.

Kerber é a terceira das quatro melhores cabeças de chave a ser eliminada de forma precoce em Nova York. Na primeira rodada, surpreendentemente quem caiu foi a romena Simona Halep, a número 1 do mundo. Na rodada seguinte foi a vez da dinamarquesa Caroline Wozniacki, a segunda pré-classificada da competição. Só resta a norte-americana Sloane Stephens, cabeça 3 e atual campeã do US Open, que jogará neste domingo pela terceira rodada contra a belga Elise Mertens.

A tenista alemã perseguia o seu quarto título de Grand Slam e o segundo no US Open. Mas encontrou pela frente uma valente rival, que agora deixa mais equilibrado o confronto direto - 7 a 6 para Kerber. Cibulkova, que já foi a número 4 do mundo e aparece atualmente no 35.º lugar do ranking, chega às oitavas de final em Nova York apenas pela segunda vez em sua carreira profissional. Agora desafia a norte-americana Madison Keys, 14.ª colocada e atual vice-campeã, que derrotou a sérvia Aleksandra Krunic, 49.ª, por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/1 e 6/2.

Outra Top 10 a se despedir foi Caroline Garcia. A francesa, número 6 do mundo, perdeu um duelo de 2 horas e 24 minutos para a espanhola Carla Suárez Navarro por 2 sets a 1 - parciais de 5/7, 6/4 e 7/6 (7/4). Aos 30 anos, Suárez Navarro aparece em 24.º lugar do ranking e já foi a sexta colocada em 2016. Esse será o terceiro ano seguido que chega às oitavas de final em Nova York.

Com uma "bicicleta" - nome dado para a uma vitória com as parciais de 6/0 e 6/0 -, a japonesa Naomi Osaka precisou de 49 minutos para ganhar da bielo-russa Aliaksandra Sasnovich. Quem também avançou foi a ucraniana Lesia Tsurenko. Algoz de Caroline Wozniacki no torneio, a ucraniana fez 6/4 e 6/0 na checa Katerina Siniakova. Sua próxima rival será a também checa Marketa Vondrousova, que bateu a holandesa Kiki Bertens por 2 sets a 1 - parciais de 7/6 (7/4), 2/6 e 7/6 (7/1).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.