Ex-tenista Joana Cortez investe na carreira de técnica

Brasileira, duas vezes campeã pan-americana, viajará com jogadoras para Campos do Jordão (SP)

Redação,

23 de julho de 2008 | 20h54

Duas vezes medalha de ouro e uma vez bronze nos Jogos Pan-Americanos, a ex-jogadora de tênis brasileira Joana Cortez está investindo agora em uma nova função, a de técnica. Longe das quadras desde o ano passado, ela voltou à ativa e com uma série de jogadoras viajará a Campos do Jordão (SP), onde neste final de semana começa a Credicard Citi MasterCard Tennis Cup 2008, o maior torneio feminino profissional de tênis do Brasil.Joana se tornou técnica nesta temporada, logo depois de decidir deixar de competir. Ela recebeu uma proposta e está treinando a equipe de competição do Rio Sports Center, na Barra da Tijuca. Entre os destaques do time, a ex-atleta aponta Natália Guitler, de 20 anos, que deixou a Argentina, onde treinou por três temporadas, para ter a campeã Pan-Americana como técnica.Natália ganhou um convite para jogar a chave principal da Credicard Citi MasterCard Tennis Cup 2008, que distribui, para as mulheres, US$ 25 mil em prêmios no total e pontos no ranking da WTA. "Está sendo uma experiência muito legal essa de ser técnica. É um desafio que eu me coloquei e estou tentando passar a minha experiência dentro e fora da quadra para as meninas", comentou Cortez, que tem um grupo da nova geração de garotas entre nove e 14 anos.A atual campeã da Credicard Citi MasterCard Tennis Cup é Teliana Pereira, que defenderá o troféu conquistado no ano passado, quando ganhou na final de Maria Fernanda Alves. O título de duplas ficou justamente com Joana, que foi campeã ao lado de Roxane Vaisemberg.

Tudo o que sabemos sobre:
Joana Cortez

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.