Ex-Top 10, sérvio Tipsarevic é convidado e jogará o Rio Open

Sérvio foi o primeiro tenista a receber o convite da organização

Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2017 | 15h21

O sérvio Janko Tipsarevic é mais um nome confirmado na disputa do Rio Open, torneio do circuito da ATP que acontecerá de 20 a 26 de fevereiro no Brasil. Nesta segunda-feira, a organização da competição confirmou a presença do jogador, que chegou a figurar entre os 10 melhores do mundo mas hoje ocupa apenas a 104.ª posição no ranking.

De acordo com comunicado divulgado pelo torneio, Tipsarevic foi o primeiro tenista a receber o convite da organização. Ex-número 8 do mundo, ele se junta a nomes importantes do tênis na atualidade, como os Top 10 Kei Nishikori, do Japão, e Dominic Thiem, da Áustria, e os campeões das duas últimas edições, o espanhol David Ferrer e o uruguaio Pablo Cuevas.

"Vai ser uma experiência nova para mim. Eu nunca joguei toda a temporada de saibro na América do Sul, em toda a minha carreira. Mas, antes de mais nada tenho que agradecer muito o Luiz Carvalho, o diretor do Rio Open, por me dar esse convite e convencer os outros torneios a me ajudar também. Espero não decepcionar", declarou Tipsarevic.

Tipsarevic, de 32 anos, viveu seu melhor momento em 2012, quando chegou à oitava posição no ranking. Em 2014, no entanto, descobriu um tumor benigno no pé esquerdo que o obrigou a passar por duas cirurgias. A partir daí, as lesões o perseguiram e ele não mais conseguiu ser o mesmo tenista.

"Mesmo depois de tantas cirurgias, ainda tenho tênis para jogar e espero no ano que vem ser cabeça de chave no Aberto da Austrália", projetou o tenista, que esteve no Brasil há mais de uma década para a disputa de um Challenger. "Faz muito tempo, mas eu me lembro das pessoas serem super amigáveis e nos fazerem sentir em casa."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.