Fabiano de Paula vacila no qualifying e perde vaga no Rio Open

Quarto melhor do país perde de virada para italiano Marco Cecchinato; brasileiras conhecem adversárias na chave principal

Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2015 | 19h25

O brasileiro Fabiano de Paula, atual quarto melhor tenista do País no ranking mundial, se viu muito próximo de conquistar uma vaga na chave principal do Rio Open, ATP 500 que viveu neste domingo o último dia de disputas do seu qualifying. Na rodada final do qualificatório, ele acabou sendo derrotado pelo italiano Marco Cecchinato, que venceu de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7/2) e 7/6 (7/5).

Fabiano de Paula chegou a sacar para o jogo no segundo set do confronto, mas permitiu a quebra do seu serviço e depois sucumbiu no tie-break, antes de novamente ser batido no desempate na parcial derradeira do confronto. Caso vencesse, ele disputaria a chave principal de um ATP 500 pela primeira vez na sua carreira. Sem Fabiano, a chave de simples masculina terá apenas Thomaz Bellucci, João Souza, o Feijão, e Guilherme Clezar como representantes do Brasil.

O tenista de 26 anos, que nasceu e foi criado na comunidade da Rocinha, no Rio, contou com forte apoio da torcida, que lotou a quadra dois do Jockey Club Brasileiro, palco do principal torneio de tênis do País na atualidade. Até Feijão, eliminado na semifinal do Brasil Open no último sábado, em São Paulo, e os duplistas Bruno Soares e André Sá foram até o local da partida para apoiar Fabiano, mas no fim o sentimento foi de frustração.

"Infelizmente não deu, acho que me afobei nos momentos importantes, mais pelo cansaço para tentar acabar o jogo logo. Acabei errando mais do que esperava", lamentou Fabiano, atual 216º colocado do ranking mundial. "Foi a primeira vez que joguei com tanta torcida. Eu estava muito cansado quando começou o terceiro set, mas graças à energia deles consegui lutar até o final. A derrota deixa um sentimento amargo, por chegar muito perto, mas tenho que continuar trabalhando", completou.

Além de Marco Cecchinato, outros três tenistas garantiram vaga na chave principal do Rio Open neste domingo. Foram eles: o argentino Facundo Arguello, o espanhol Daniel Gimeno-Traver e o holandês Thiemo de Bakker. O primeiro deles avançou ao superar o sueco-brasileiro Christian Lindell por 6/1 e 6/3, enquanto o segundo bateu o italiano Filippo Volandri por 7/6 (7/4) e 6/4. Já o tenista da Holanda derrotou o romeno Adrian Ungur por 6/3 e 6/4.

Bakker será o primeiro adversário do brasileiro Guilherme Clezar, em jogo previsto para a noite desta segunda-feira. Arguello, por sua vez, terá pela frente outro brasileiro: João Souza, enquanto Gimeno-Traver desafiará o favoritismo do seu compatriota David Ferrer, segundo cabeça de chave.

A programação de duelos desta segunda-feira, definida neste domingo, determinou que Feijão irá estrear no torneio de duplas do Rio Open a partir das 14 horas. Ele e seu compatriota André Sá enfrentarão os argentinos Maximo Gonzalez e Juan Monaco. No mesmo horário, Fabiano de Paula e Marcelo Demoliner estrearão diante da dupla formada pelo eslovaco Martin Klizan e o austríaco Philipp Oswald. Outra estreia brasileira no dia ocorrerá na quadra 5, onde Carolina Meligeni Alves e Ingrid Martins encaram a taiwanesa Chieh-Yu Hsu e a búlgara Elitsa Kostova na chave feminina de duplas.

QUALIFYING FEMININO - Beatriz Haddad Maia e Paula Gonçalves, duas brasileiras que disputam o Rio Open, conheceram neste domingo as suas adversárias em suas estreias na chave principal feminina. Paula enfrentará a paraguaia Veronica Cepede Royg, que superou a sueca Rebecca Peterson por 2 sets a 1, de virada, com 4/6, 7/6 (7/4) e 6/3. Já Bia terá pela frente a argentina Maria Irigoyen, que bateu sua compatriota Florencia Molinero, também por 2 a 1, com 6/3, 2/6 e 6/2.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRio OpenFabiano de Paula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.