Reuters
Reuters

Favorita, suíça Bacsinszky vence húngara e vai à final

Conquista para a próxima etapa do Torneio de Rabat, aconteceu ao superar a tenista Timea Babos por 2 sets a 0

Estadão Conteúdo

29 de abril de 2016 | 15h21

Cabeça de chave número 1, a suíça Timea Bacsinszky confirmou o favoritismo nesta sexta-feira e se garantiu na final do Torneio de Rabat, no Marrocos. Para alcançar a decisão, ela superou a xará húngara Timea Babos por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.

Na fase anterior, Bacsinszky havia derrotado a sueca Johanna Larsson, responsável pela eliminação da brasileira Teliana Pereira, nas oitavas de final. Com o triunfo desta sexta, a tenista da Suíça, de 26 anos, avançou a sua primeira final da temporada, em busca do quarto título no circuito profissional.

Atual 15ª do ranking (já foi Top 10), Bacsinszky vai encarar na final a neozelandesa Marina Erakovic, que avançou ao despachar a holandesa Kiki Bertens por 2/6, 7/6 (9/7) e 7/5. Erakovic, número 186 do ranking, também disputará neste sábado sua primeira decisão do ano.

DUPLAS

Algozes da dupla de Laura Pigossi em Rabat, a parceria formada pela suíça Xenia Knoll e pela sérvia Aleksandra Krunic conquistou o título de duplas nesta sexta-feira, ao vencer na final a alemã Tatjana Maria e a romena Raluca Olaru, que eram as favoritas ao troféu, por 6/3 e 6/0. Laura Pigossi e a espanhola Sara Sorribes haviam sido eliminadas nesta quinta-feira por Knoll e Krunic, nas semifinais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.