Kiyoshi Ota / EFE
Kiyoshi Ota / EFE

Favorita, Karolina Pliskova vence na estreia no Torneio de Tianjin

Em outro torneio, Jelena Ostapenko prossegue em má fase e é derrotada por eslovaca

Estadão Conteúdo

08 Outubro 2018 | 13h22

Principal favorita ao título do Torneio de Tianjin, a checa Karolina Pliskova sofreu nesta segunda-feira, mas venceu em sua estreia na competição chinesa. A ex-número 1 do mundo, atual 6ª do ranking, precisou de 2h30min para superar a norte-americana Varvara Lepchenko, 161º do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (3/7) e 6/3.

Mesmo favorita, Pliskova sofreu duas quebras de saque na partida - uma no set inicial e outra no terceiro - e perdeu a segunda parcial no tie-break, mesmo sem perder o serviço. Mas fez a diferença na partida ao faturar seis quebras, em 16 oportunidades cedidas pela rival.

Na segunda rodada, a ex-líder do ranking vai encarar a eslovena Polona Hercog, que venceu na estreia a espanhola Lara Arruabarrena por 7/6 (7/5) e 6/2. Na quadra dura de Tianjin, Pliskova entrou na competição como convidada em busca de pontos preciosos no ranking para assegurar de vez a vaga no WTA Finals, a competição que reúne as oito melhores da temporada em Cingapura, entre os dias 21 e 28.

Ainda nesta segunda, avançaram na chave chinesa a local Fangzhou Liu, a russa Veronika Kudermetova, a polonesa Magda Linette, a taiwanesa Su-We Hsieh e a croata Petra Martic.

HONG KONG

Em outro torneio disputado em solo chinês nesta semana, o destaque do dia foi a derrota precoce da letã Jelena Ostapenko, uma das principais candidatas ao título. A campeã de Roland Garros de 2017 foi eliminada pela eslovaca Kristina Kucova por 5/7, 6/3 e 6/2.

Ostapenko vive momento difícil na temporada. Ela não vence duas seguidas desde o US Open, quando caiu na terceira rodada. Em Pequim, perdeu no segundo jogo com um duro placar de 6/0 e 6/0. Em Wuhan, na semana anterior, foi derrotada logo na estreia.

Em outros resultados em Hong Kong, nesta segunda, avançaram na chave a francesa Alize Cornet, a tailandesa Luksika Kumkhm, a ucraniana Dayana Yastremska, a búlgara Viktoriya Tomova e a chinesa Saisai Zheng.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.