Favorita, Radwanska avança em Shenzen; Kvitova abandona torneio

Número 5 do ranking mundial, a polonesa Agnieszka Radwanska é a primeira cabeça de chave do Torneio de Shenzen, na China, e abriu a temporada 2016 com vitória. Pela primeira rodada, ela venceu nesta terça-feira a sérvia Aleksandra Kruic, apenas 108.ª do ranking mundial, por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/3. Ela irá enfrentar a local Zhang Shuai na segunda rodada.

Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2016 | 12h33

A checa Petra Kvitova, sexta do mundo, entrou no torneio como segunda cabeça de chave, mas já desistiu de jogá-lo. Faltando duas semanas para o Aberto da Austrália, a tenista abandonou o jogo contra a chinesa Zheng Saisai após perder o primeiro set por 6/2.

Outra favorita a deixar o torneio foi a britânica Johanna Konta, quinta cabeça de chave apesar de ser só a número 48 do mundo, que perdeu para a chinesa Wang Qiang, vinda do qualifying. A canadense Eugenie Bouchard, 49.ª do ranking, precisou de três sets para passar pela croata Donna Vekic. As norte-americanas Nicole Gibbs e Vania King também passaram à segunda rodada.

ZEBRA - Na Nova Zelândia, em Auckland, a favorita era a norte-americana Venus Williams, número 7 do mundo, que estreou com derrota para a russa Daria Kasatkina por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/6), 6/3 e 6/3. A algoz de Venus tem apenas 18 anos e ocupa o 75.º lugar do ranking mundial.

Não menos feio fez a sérvia Ana Ivanovic, segunda cabeça de chave e número 18 do mundo, que perdeu para a britânica Naomi Braody, 122.ª do ranking, por 2 sets a 0 (7/5 e 6/4). Outra veterana a cair na primeira rodada foi a italiana Francesca Schiavone, de 35 anos, convidada da organização, que perdeu para a austríaca Tamira Paszek, número 172 do mundo e vinda do qualifying.

Só Caroline Wozniacki fez a parte dela. A dinamarquesa, terceira favorita, venceu a montenegrina Danka Kovinic por duplo 6/4 e, na próxima rodada, encara a norte-americana Christina Michale.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.