Matheus Joffre/Arquivo CBT
Matheus Joffre/Arquivo CBT

Favorito, Demoliner decepciona e estreia com derrota nas duplas em Córdoba

Ao lado do dinamarquês Frederik Nielsen, brasileiro é derrotado pelos argentinos Facundo Bagnis e Guillermo Durán

Redação, Estadão Conteúdo

06 Fevereiro 2019 | 17h26

Em sua primeira competição desde a sua participação no Aberto da Austrália, Grand Slam encerrado no final do mês passado, o brasileiro Marcelo Demoliner decepcionou ao ser eliminado já na estreia da chave de duplas do Torneio de Córdoba, na Argentina.

Na condição de segundo favorito desta disputa ao lado do dinamarquês Frederik Nielsen, o tenista acabou sendo derrotado pela parceria local formada pelos argentinos Facundo Bagnis e Guillermo Durán por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h07min.

No confronto válido pela primeira rodada do ATP 250 realizado em quadras de saibro, Demoliner e Nielsen conseguiram aproveitar apenas uma de seis chances de quebrar o saque de Bagnis e Durán. Já a dupla da casa converteu três de sete break points para liquidar o duelo em sets diretos.

Antes desta derrota na estreia em Córdoba, o brasileiro e o dinamarquês haviam avançado às oitavas de final do Aberto da Austrália, onde na segunda fase do Grand Slam desbancaram o favoritismo do britânico Dominic Inglot e do croata Franko Skugor, cabeças de chave número 10 do torneio de duplas masculino em Melbourne.

Também neste ano, Demoliner se sagrou campeão do Challenger de Canberra, na Austrália, atuando ao lado do francês Hugo Nys, e antes disso foi eliminado na estreia do Torneio de Brisbane, evento australiano de nível ATP 250, no qual fez parceria com o russo Daniil Medvedev.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênisMarcelo Demoliner

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.