Tony O'Brien/Reuters
Tony O'Brien/Reuters

Favoritos, Bruno Soares e Jaime Murray caem já na estreia em Indian Wells

Dupla foi eliminada por Rohan Bopanna e Denis Shapovalov por 2 sets a 0, com duplo 6/4

Redação, Estadão Conteúdo

09 de março de 2019 | 23h38

Cabeças de chave número 2 do torneio de duplas do Masters 1000 de Indian Wells, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray não conseguiram justificar favoritismo na noite deste sábado e foram eliminados já na estreia da importante competição realizada em quadras duras nos Estados Unidos.

A dupla de tenistas acabou sendo derrotada pela parceria formada pelo indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e derem adeus de maneira precoce ao torneio norte-americano.

Soares e Murray caíram após 1h10min de duelo contra os seus adversários, que foram dominantes ao confirmarem todos os seus saques sem oferecer nenhuma chance de quebra de serviço. Para completar, eles converteram dois de seis break points para liquidar o confronto em sets diretos em Indian Wells.

Com a eliminação de Soares, o único tenista brasileiro que segue vivo na disputa desta chave de duplas deste evento nos Estados Unidos é Marcelo Melo, que na última sexta-feira estreou com vitória ao lado do polonês Lukasz Kubot. Eles passaram pelo holandês Wesley Koolhof e o grego Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 1.

SIMPLES

Eliminado na primeira rodada nas duplas, Tsitsipas não conseguiu justificar a sua condição de atual 10º tenista em sua estreia na chave de simples em Indian Wells. Em confronto realizado neste sábado, válido já pela segunda rodada, ele caiu diante da promessa canadense Felix Auger-Aliassime por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

O grego defendia a condição de nono cabeça de chave e por isso já abriu campanha direto na segunda fase da competição. E com o triunfo sobre Tsitsipas, o tenista do Canadá avançou para encarar na terceira fase o ganhador da partida entre o japonês Yoshihito Nishioka e o espanhol Roberto Bautista Agut.

Outro tenista que caiu em sua estreia na condição de cabeça de chave neste sábado foi o australiano Nick Kyrgios, batido por duplo 6/4 pelo alemão Philipp Kohlschreiber, que se credenciou para encarar na terceira rodada o vencedor do duelo entre o sérvio Novak Djokovic, líder do ranking mundial, e o norte-americano Bjorn Fratangelo. Este duelo está previsto para acabar na madrugada deste domingo (no horário de Brasília).

Já o canadense Milos Raonic fez valer a sua condição de 13º cabeça de chave em sua estreia ao derrotar o norte-americano Sam Querrey por 2 sets a 0, com 7/6 (7/1) e 6/4. O seu próximo rival será outro tenista da casa, Marcos Giron, que surpreendeu ao sair do qualifying e neste sábado eliminar o australiano Alex De Minaur, 23º pré-classificado, com parciais de 1/6, 6/4 e 6/2.

O francês Gael Monfils, por sua vez, justificou a sua condição de 18º cabeça de chave ao passar pelo argentino Leonardo Mayer por 2 sets a 1, com 6/4, 3/6 e 6/3. Assim, ele avançou para encarar o espanhol Albert Ramos-Vinolas, responsável pela eliminação do italiano Marco Cecchinato, 15º cabeça de chave, por 6/4 e 6/2.

Outro que caiu como favorito na estreia foi o croata Borna Coric, 11º pré-classificado, que foi surpreendido pelo seu compatriota Ivo Karlovic por 6/4 e 7/6 (7/2). Também venceram em outras partidas encerradas neste dia de duelos o francês Gilles Simon, o alemão Jan-Lennard Struff e os sérvios Laslo Djere e Miomir Kecmanovic.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.