Favoritos confirmam presença no Brasil Open

Os dois principais favoritos ao título do Brasil Open - torneio que começa dia 6 na Costa do Sauípe -, o alemão Rainer Schuettler, número 8 do ranking mundial, e o holandês Sjeng Schalken, número 12, confirmaram que irão jogar na Bahia, independente de até onde cheguem no US Open. Curiosamente, os dois irão se enfrentar em Flushing Meadows por uma vaga nas quartas-de-final, possivelmente nesta terça-feira, se o tempo deixar.Num dia de muita chuva em Nova York, sem praticamente jogos, os organizadores do US Open inovaram. Destacaram alguns tenistas para ficarem a disposição para conversas informais no "players lounge", um local normalmente restrito em outras competições, mas que nos Estados Unidos é aberto à imprensa, assim como os vestiários. O convívio é amigavel, sem constrangimentos ou perturbações . Schuettler, vice-campeão do Aberto da Austrália, avisou que está curioso para jogar no Brasil, enquanto Schalken revelou que desta vez vai levar a família. Gostou tanto de ter jogado ano passado no Sauípe e agora não quer perder a chance de voltar ao torneio. Espera apenas ir mais longe do que em 2002, quando perdeu na segunda rodada, e talvez roubar o título das mãos do brasileiro Gustavo Kuerten, campeão com vitória apertada sobre Guillermo Coria na final.Além de Schuettler e Schalken, outros dois tenistas entre os 20 primeiros do ranking estarão no Sauípe. Guga, número 14, que perdeu na primeira rodada em Flushing Meadows e o chileno Fernando Gonzalez, que chegou a terceira rodada.Com a chuva o "players lounge" foi sem dúvida o lugar mais agitado do dia. Jennifer Capriati jogou apenas 18 minutos para marcar 4 a 0 em Elena Dementieve e depois passou horas jogando conversa fora na sala dos jogadores. Até mesmo Anna Kournikova, fora do torneio mas quase todos os dias em Flushing andava agitada de um lado para o outro sempre seguida de perto por um guarda costas e sem se preocupar muito com a aparência em um local tão íntimo, mostrava embaixo de uma mini blusa um enorme emplastro colado na região lombar, denunciando problemas com dores nas costas.Enquanto isso, o campeão de Wimbledon, o suíço Roger Federer, comprovou toda sua simpatia ao, mesmo com chuva, ir até a quadra central e fazer algumas brincadeiras com o público, dando raquetadas em bolinhas, distribuindo autógrafos e posando para fotos .Com o mau tempo, ficam para esta teerça-feira e quarta-feira todos os jogos da quarta rodada do masculino: Andre Agassi enfrenta Taylor Dent, Jonas Bjorkman joga com Guillermo Coria, Juan Carlos Ferrero com Todd Martin, Paradorn Srichaphan com Lleyton Hewitt, Schuettler x Schalken, Xavier Malisse com Andy Roddick, Carlos Moya x Younes El Aynaoui e David Nalbandian x Roger Federer. No feminino, a parte de cima da chave já está adiantada com Kim Clijsters x Amelie Mauresmo e Lindsay Davenport x Paola Suarez jogando nas quartas-de-final. A parte inferior da chave ainda terá quatro jogos pelas oitavas-de-final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.