Divulgação
Divulgação

Favoritos, Soares e Peya ganham na estreia do Rio Open

Bruno e Alexander avançam para segunda rodada após perderem 11 de 14 break points; dupla ainda não conhece próximos adversários

Estadão Conteúdo

17 de fevereiro de 2015 | 19h21

Cabeças de chave número 1 do torneio de duplas do Rio Open, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya confirmaram o favoritismo na estreia da competição. Nesta terça-feira, eles derrotaram o sueco Johan Brunstrom e o norte-americano Nicholas Monroe por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4.

Soares e Peya precisaram de 1h28min para conseguir a primeira vitória sobre estes rivais, na única partida da chave de duplas masculinas do dia. O jogo foi um domínio completo do brasileiro e do austríaco, que só não venceram com mais facilidade porque desperdiçaram 11 dos 14 break points que tiveram. Para piorar, foram quebrados nas duas únicas vezes que cederam a oportunidade.

Mesmo assim, a vitória e a classificação para a segunda rodada vieram. Agora, Peya e Soares esperam para conhecer seus adversários, que sairão do duelo de Pablo Carreno Busta, da Espanha, e Federico Delbonis, da Argentina, com Paolo Lorenzi, da Itália, e Oliver Marach, da Áustria. 

SIMPLES

Na chave de simples, em duelo de argentinos nesta terça-feira, Federico Delbonis levou a melhor sobre Diego Schwartzman. Após ganhar o primeiro set por 7/6 (10/8) e perder o segundo por 7/6 (8/6), Schwartzman precisou desistir na última parcial, quando Delbonis liderava por 2 a 1. Agora, o número 63 do mundo, duela com o vencedor do confronto entre o sérvio Dusan Lajovic e o eslovaco Marin Klizan, oitavo cabeça de chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.