Federer anuncia fim de parceria com Edberg e contrata Ljubicic

Roger Federer vai começar a temporada 2016 de técnico novo. O suíço anunciou o fim da parceria com o sueco Stefan Edberg e acertou a contratação do croata Ivan Ljubicic, que havia encerrado em novembro o trabalho com o canadense Milos Raonic. Ljubicic vai trabalhar ao lado de Severin Luthi, que será mantido na equipe do suíço.

Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2015 | 09h41

"Depois de dois anos de sucesso, eu gostaria de agradecer a Stefan Edberg, meu ídolo de infância, por ter se juntado a minha equipe", disse Federer, em comunicado. "Foi um sonho que se tornou realidade. Nosso projeto inicial era para durar somente em 2014, mas Stefan foi ótimo e concordou em estender nossa parceria por este ano, o que eu gostei muito. Ele me ensinou muita coisa e sua influência no meu jogo vai permanecer."

Edberg se juntou à equipe de Federer no início de 2014, após uma temporada irregular do suíço, no qual ele chegou a cair para o sexto lugar do ranking. A partir da nova parceria, o atual número três do mundo evoluiu nos principais fundamentos, especialmente na rede, especialidade de Edberg.

Federer até inventou um novo golpe, batizado de "SABR", no qual devolve o segundo saque próximo à rede para surpreender o adversário. O suíço teve sucesso com a novidade diante dos principais rivais nos últimos meses.

Com o novo treinador, Federer voltou a uma final de Grand Slam em 2014, após um jejum de dois anos. O suíço foi vice-campeão duas vezes em Wimbledon e uma vez no US Open, neste ano - foi derrotado nas três ocasiões pelo sérvio Novak Djokovic. "Roger e eu tivemos dois grandes anos juntos. Desde o início ficou claro de que essa seria uma parceria especial, trabalhando junto com o maior embaixador do tênis que já vi", disse Edberg.

O sueco revelou que o fim da parceria já estava previsto para o fim deste ano desde que renovou seu vínculo nesta temporada. "Depois de um incrível 2014, eu decidi continuar por mais um ano, mas com a clara definição de que seria meu último ano nesta parceria", disse o dono de seis títulos de Grand Slam.

Federer deve iniciar a pré-temporada, nos próximos dias, já trabalhando com Ljubicic, de 36 anos, apenas dois anos mais velho que o suíço. Conhecido pelo forte saque quando ainda estava em atividade, o croata enfrentou Federer no circuito profissional em 16 partidas. Venceu apenas três, todas no início da década passada.

O suíço vai estrear na temporada 2016 no Torneio de Brisbane, na Austrália, onde defenderá o título conquistado no ano passado a partir do dia 4 de janeiro. A competição já servirá de preparação para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, com início marcado para 18 de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.