Federer arrasa casaque em estreia no Torneio de Basileia; Nadal vence nas duplas

Jogando no "quintal da sua casa" nesta terça-feira, Roger Federer não teve dificuldades para confirmar favoritismo em sua estreia no Torneio de Basileia. O suíço arrasou o casaque Mikhail Kukushkin por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, em apenas 55 minutos, e garantiu vaga na segunda rodada do ATP 500 realizado em quadras rápidas.

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2015 | 17h01

Cabeça de chave número 1 da competição, o recordista de títulos de Grand Slam assim se credenciou para enfrentar na próxima fase o alemão Philipp Kohlschreiber, que horas mais cedo superou o polonês Jerzy Janowicz por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3.

Vencedor de cinco torneios em 2015, com as taças de Cincinnati, Halle, Istambul, Dubai e Brisbane, Federer agora terá pela frente na Basileia um velho freguês no circuito profisional. Foram dez jogos e dez vitórias contra Kohlschreiber, atual 32º colocado do ranking mundial, sendo duas delas obtidas neste ano no Torneio de Halle e no US Open.

Para passar de forma rápida por Kukushkin, hoje 64º da ATP, o atual terceiro tenista do mundo aproveitou quatro de 13 chances de quebrar o serviço do adversário e salvou os dois break points cedidos ao casaque. Para se ter uma ideia do domínio do suíço, ele ganhou nada menos do que 20 dos 22 pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro saque.

Nascido na Basileia, Federer busca o seu sétimo título da competição suíça, depois de ter levado o troféu em 2006, 2007, 2008, 2010, 2011 e 2014, sendo que também foi finalista em 2009, 2012 e 2013. E a regularidade do suíço no torneio tem peso também pelo fato de que o evento passou a ganhar status de ATP 500 a partir de 2009.

Em outro jogo já encerrado nesta terça na Basileia, o belga David Goffin confirmou a condição de oitavo cabeça de chave na estreia ao vencer o italiano Andreas Seppi por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/4.

Já o búlgaro Grigor Dimitrov abriu campanha na Suíça derrotando o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 6/3 e 6/4 e assim se credenciou como segundo adversário de Rafael Nadal, que na última segunda sofreu para eliminar o checo Lukas Rosol em uma vitória de virada.

DUPLAS - E Nadal também fez a sua estreia nesta terça na chave de duplas da Basileia. Atuando ao lado do seu compatriota Marc López, o sétimo colocado do ranking mundial derrotou o croata Borna Coric e o sérvio Viktor Troicki por 2 sets a 1, com 6/1, 4/6 e 10/5.

Os próximos adversários de Nadal e López serão os vencedores da partida entre a dupla formada pelo argentino Leonardo Mayer e o italiano Andreas Seppi contra a parceria firmada entre o romeno Horia Tecau e o holandês Jean-Julien Rojer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.