Ali Haider/EFE
Ali Haider/EFE

Federer arrasa croata, vai à final em Dubai e fica a uma vitória de 100º título

Suíço passa por Borna Coric, o 13º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com duplo 6/2

Redação, Estadão Conteúdo

01 de março de 2019 | 17h26

Roger Federer está a um passo de conquistar o centésimo título de simples da sua gloriosa carreira. Nesta sexta-feira, o hoje tenista número 7 do mundo avançou à final do Torneio de Dubai ao derrotar com facilidade o croata Borna Coric, o 13º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com duplo 6/2, em 1 hora e 7 minutos.

Com o triunfo, o suíço enfrentará na decisão deste sábado, às 12 horas (de Brasília), o grego Stefanos Tsitsipas, que na outra semifinal desta sexta-feira superou o francês Gael Monfils por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 7/6 (7/4) e 7/6 (7/4).

Com 99 troféus de simples na carreira, Federer lutará para ganhar o seu primeiro troféu neste ano e por consequência consagrar a sua trajetória com um histórico centésimo título, depois de ter ficado perto da marca no ano passado ao ganhar as taças do Aberto da Austrália e dos torneios de Roterdã, Stuttgart e Basileia.

Para ganhar o direito de jogar por esta grande marca neste sábado, Federer foi dominante diante de um rival que o surpreendeu por duas vezes no ano passado, sendo uma delas na final do Torneio de Halle, na Alemanha, em piso de grama. A outra foi na semifinal do Masters 1000 de Xangai, em quadra dura como esta deste ATP 500 realizado em Dubai.

Também em 2018, o suíço sofreu para eliminar Coric nas semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, depois de ter arrasado o croata em 2015 no primeiro confronto entre os dois, justamente no Torneio de Dubai. Ou seja, o retrospecto do duelo entre os dois estava empatado até a partida desta sexta-feira.

Desta vez, porém, Federer não deu chances ao seu adversário. Ele exibiu eficiência com o seu saque e aproveitou quatro oportunidades que teve de quebrar o serviço de Coric para avançar à decisão nos Emirados Árabes, onde liquidou o croata em apenas 67 minutos nesta sexta.

Rival de Federer neste sábado, Tsitsipas ocupa a 11ª posição do ranking mundial e eliminou o suíço nas oitavas de final do Aberto da Austrália, em janeiro. Foi o único embate entre os dois tenistas até hoje no circuito profissional. O grego, por sinal, jogará esta decisão depois de ter conquistado, na semana passada, o título do Torneio de Marselha, na França, onde foi campeão sem perder nenhum set em sua campanha.

Mais conteúdo sobre:
Roger Federertênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.